Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

O pique pra decorar meu cantinho vai e volta quase toda semana, mas nessas horas de ânimo busco sempre uma inspiração como a de hoje. Quem mora nesse apartamento é Mimmi Staaf, dona de uma loja homônima de móveis e itens decorativos em Estocolmo, e o espaço é daqueles bem apertadinhos, mas aconchegantes. A sensação de aplitude foi criada com algumas sacadas legais que eu gosto de reforçar na mente sempre que eu vejo. Bora ver os segredos?

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Pra começar, o que já deu pra perceber de cara: as cores. O uso intenso de branco não é por acaso ou porque faltou dinheiro pras tintas, calma lá! Branco ajuda a aumentar tudo o que a gente vê, dá aquela impressão de espaço vazio, infinito, e isso ajuda muito quando as medidas do apartamento (ou casa) são pequenas. Mas não só de branco vive o homem: vai ter cinza sim, vai ter amarelo, tons de madeira e outras cores dessaturadas pra completar o conjunto, que fica harmônico, suave e passou uma sensação de limpeza, concorda comigo?

A iluminação também faz toda a diferença. Mimmi escolheu descartar as cortinas e eu faria o mesmo se tivesse uma quantidade de luz assim entrando em casa, ainda mais que na Suécia o verão dura muito pouco. A luz deixa tudo que já era claro mais claro ainda, ou seja, mais amplitude. Fora que o bom e velho sol deixa sempre o dia mais bonito, a vida mais feliz, e o corpo com vitamina D.

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Móveis versáteis também são coringas pra quem tem pouco espaço. Por exemplo: as duas mesas que a gente vê nas fotos do home office e sala de jantar podem ficar maiores, elas só precisam de um ajuste nas laterais. Os nichos embaixo da TV são desmontáveis, as paredes são aproveitadas com prateleiras e as estantes são evitadas pra não ocupar tanto os cômodos.

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

No mais, tenho aprendido que o essencial é o mais importante na hora de decorar: as cores, os móveis básicos (mesas, sofá, armários), os utensílios de cozinha, o jogo de cama. Detalhes podem ser substituídos com mais facilidade no dia-a-dia, mas sem uma boa base, nem o espremedor do Philippe Starck vai cair bem na sua estante. É claro que tudo é importante, mas se a sua dúvida é por onde começar como a minha também era, comece pelo início e o resto terá mais chances de dar certo!

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

As fotos lindas são do pessoal do Fantastic Frank, e valem Pinterest hein!

Comentários

Lindo demais! Trabalhar com base neutra é sempre o segredo de uma bela composição.
O aconchego sempre aparece quando você coloca madeira no chão, muitos tapetes e abre as janelas, principalmente se puder contar com uma área externa tão verde como essa!
Estou encantado…! s2

Luz! Ah, todo lugar fica mais leve, bonito e romântico quando o Sol consegue invadi-lo. Eu sou simplesmente apaixonada por claridade e por cores claras e sóbrias; amo a combinação de branco, cinza e tons amadeirados: o branco e o cinza vem com aquela sensação de que a casa respira limpeza e harmonia, já os tons de madeira trazem algo nostálgico e aquele sentimento de lar.
Recentemente também tenho tentado redecorar meus espaços aqui em casa usando os mesmos tons, e tem ficado ótimo.
Espero que consiga dar esse ar ao seu cantinho, Zé. Depois mostra como ficou.

P.S. Nossa, como eu estava sentindo falta do MA, que bom que voltou a postar.

Oi Brenda! Você já mostrou em algum lugar como tem ficado seus espaços? Quero ver! E pode deixar que também vou mostrar o meu quando tiver novidade!

ah, a luz natural ?

e toda essa decoração, amei. deu vontade de viver um pouco nessa casa :) um pouco porque tem várias outras que eu quero viver também HAHA

Deixe uma resposta