Tag: quarto - Melhor Ângulo

De uns dois anos pra cá fiquei obcecado por mood boards, salvando 1000 imagens e montando boards no Pinterest com determinados temas pra me inspirar. Hoje eu resolvi compartilhar ideias – que eu venho guardando desde antes do Natal – de como decorar com luzes tipo pisca-pisca sem passar a impressão imediata de festas de fim de ano, ou seja, tentar incorporá-las o ano inteiro nos cantinhos da casa. Quer ver?

Luzes de Natal o ano inteiro

1. 2. 3. 4. 5. 6.

1. Home office e luzes de Natal criam uma combinação infalível. Quando a parede é cheia de quadros ou pôsteres como nesse exemplo, fica legal “emoldurar” tudo isso, com o fio bem retinho. Se você gosta de um ar mais bagunçado, também pode apoiar as luzes em pregos dispostos aleatoriamente na parede.

2. Uma das ideias que eu mais gosto: encher vidros, potes, garrafas e derivados com as luzes. Usando aquelas que não piscam, o efeito é de uma luminária fraquinha, que deixa o ambiente leve e relaxante.

3. Muito rico esse espelho gigante apoiado no chão com luzinhas menores que as normais. Com a moldura adequada a ideia serve tanto para quarto de adolescentes quanto adultos.

4. Clássica. Quem tem uma cama com cabeceira como essa, de ferro ou qualquer outro material, basta colocar as luzinhas por toda a borda e o resultado é essa coisa linda.

5. Com pregos ou fita adesiva, você consegue criar a forma de uma palavra pequena (ou não) na parede, com letra cursiva fica muito bonito! Não se esqueça de usar a tomada como parâmetro para não ter trabalho à toa e depois não conseguir ligar. Já aconteceu comigo, hehe.

6. A ideia lembra a da palavra aqui em cima, mas nesse caso, apenas uma letra foi envolvida pelas luzinhas. Você pode comprá-la pronta ou tentar criar uma com arame mais grosso e a ajuda de um alicate.

Luzes de Natal o ano inteiro

7. 8. 9. 10. 11. 12.

8. Na imagem, as luzes formam um varal de fotos, sempre muito amor. Se você já tiver um com o fio normal, ainda dá pra enrolar as luzes em volta, o efeito é o mesmo.

10 e 11. A escada e a corda seguem a mesma ideia do espelho, as luzes deixam qualquer coisa mais interessante!

12. Camas tipo box sem cabeceira têm sido mais vendidas do que nunca, e a criatividade para criar a sensação de que ela está ali só depende de você. Nessa foto, as luzes foram estrategicamente moldadas para parecer o telhado de uma casa. Me passou aconchego só de olhar!

E aí, gostaram das ideias? Tem outras para compartilhar? Comentem aqui em baixo!

Post originalmente publicado no dia 15 de janeiro de 2013 e revisado para se adequar aos novos padrões do Melhor Ângulo.
Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Seguindo minha obsessão por mood boards como contei naquele post, hoje fiz mais um, dessa vez recheado de inspirações para aplicar a forte tendência do degradê (ou ombré, se preferir) na decoração. Como ela se estende também ao vestuário, calçados, etc, imaginem como eu fiquei aqui salvando um monte de imagens de todas essas áreas no computador!

Vocês gostam quando esse tipo de post vem acompanhado de links para saber onde comprar? Posso começar a acrescentar essa parte nos próximos. :)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

decoração para quartos

Pleno começo de ano e todo mundo além de querer dar uma repaginada no visual e na vida, também quer dar aquela arrumadinha no quarto afinal todos nós acabamos enjoando ou da cor da parede ou dos móveis e aí vem aquela pergunta: “Onde eu estava com a cabeça quando escolhi isso?”

Contudo, não basta vontade para que o quarto se redecore sozinho, é necessário ter também o tal do dinheiro. E geralmente uma quantia alta já que até em saldões de lojas de decoração e planejados a peça mais barata gira em torno de R$150,00. Então aqui vai uma série de dicas que vão te ajudar a reformar o quarto sem gastar muito:

1) Regra fundamental: primeiramente é de extrema importância que você saiba que se não quer tirar muito dinheiro do bolso, terá que por a mão na massa. Isso inclui colar, lixar, pintar, cortar, costurar, mexer com fiações (para fazer tomadas, por exemplo) e talvez até pregar.

2) Criatividade: com certeza naquele quartinho bagunçado e cheio de coisas velhas que toda casa tem deve ter muita  peça que possa ser reaproveitada. Garimpar objetos, móveis e materiais que estão sem utilidade há um tempo é importante e pode acabar resultando em decorativos muito úteis. Um exemplo é esta guirlanda feita de pisca-piscas e copos descartáveis forrados com tecido (aprenda a fazer aqui).

guirlanda de copos

3) Tempo: Não adianta sair comprando tudo na primeira loja em que você entrar. Bom mesmo é dar uma boa pesquisada antes e procurar por lojas de confiança ou especializadas. Por exemplo, aqui em São Paulo, encontrei nos Armarinhos Fernando porta-retratos por R$ 4,99 e murais de cortiça por R$9,00 para colocar na parede do meu quarto. Um outro exemplo são caixas organizadoras, jamais as compre em lojas de decoração – a não ser que estejam em liquidação –, pois você sempre irá pagar mais caro. Procure comprá-las em lojas que vendam embalagens para presentes, lá o preço sai sempre mais em conta (numa loja habitual onde eu pagaria R$25,00 eu paguei R$ 13,00).

4) Humildade: Também é importante! Encontramos muita coisa nas ruas que podem ser reaproveitadas. Então se você ver algo por aí, jogado do lado de um poste e achar que possa lhe ser útil, não tenha medo nem vergonha! Além de estar economizando, você estará fazendo um favor para a natureza. Olha só essa gaiola: normalmente ela seria jogada fora, mas virou luminária e das bonitas!

sala

5) Confiança: Uma vez me ensinaram que não há nada que não possa ser feito pelas mãos do homem, o que existe é o número de vezes em que ele pode tentar. Então, confiança em você mesmo é crucial nessa área. Se você ver algo na internet ou em alguma loja que você mesmo possa fazer com materiais que você sabe que tem em casa, porquê não tentar? Arrisque sem medo e quantas vezes precisar.

As dicas podem parecer óbvias mas é sempre bom reuni-las em um só lugar para gente refletir um pouco. Continue atento ao Melhor Ângulo para mais toques sobre como economizar na hora da decoração.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+