Tag: projetos - Melhor Ângulo

Projetos de design para crianças costumam ser um caso à parte, porque primeiro precisam ser funcionais e interessantes para os adultos, mas mantendo ainda um grande apelo com o público infantil.

Eu particularmente sempre admirei projetos desse tipo e já tive a oportunidade de trabalhar em dois sites para marcas infantis, mas o que eu quero mesmo é participar um dia de algo mais palpável, que envolva design gráfico e até de produto. Pensando nisso, selecionei 6 projetos nessa vibe para mostrar aqui hoje, esses que vão um pouquinho além do digital e chegam no contato direto com os pequenos.

Produtos para a The World Design Capital, do Kokoro & Moi

Produtos para a The World Design Capital, do Kokoro & Moi

Produtos para a The World Design Capital, do Kokoro & Moi

Produtos para a The World Design Capital, do Kokoro & Moi

A The World Design Capital é uma organização que fomenta a profissão do designer, afim de gerar melhores produtos, serviços e experiências. Todos os anos eles promovem um evento em uma cidade importante para a área, e na edição de 2012, em Helsinki, a Kokoro & Moi apresentou alguns produtos, incluindo várias coleções para casa, especialmente para os quartos das crianças.

Cuentos de la Navidad Dorada, de Olga Capdevila

Cuentos de la Navidad Dorada, de Olga Capdevila

Cuentos de la Navidad Dorada, de Olga Capdevila

Cuentos de la Navidad Dorada, de Olga Capdevila

E esse livro lindo, gente? Olga, a ilustradora, descreve os sete contos escritos por Fulgencio Pimentel como cheias de personagens cativantes e situações maravilhosas, um presente perfeito de Natal para crianças. Ela ainda destaca que produziu mais de 50 ilustrações, impressas em seis belas cores da escala Pantone.

Village Café, do Studio Caserne

Village Café, do Studio Caserne

Village Café, do Studio Caserne

Village Café, do Studio Caserne

Desenvolvida pelo Studio Caserne, a identidade do Village Café foi criada através da união das atmosferas de uma cafeteria e do período da nossa infância. O resultado é suave como um bebê e confortante como um latté quentinho. O lugar, além de ser kid-friendly, ainda oferece cursos de todos os tipos, para toda a família.

Chicco, da Auge Design

Chicco, da Auge Design

Chicco, da Auge Design

Chicco, da Auge Design

A Chicco é uma das marcas de roupas para crianças mais famosa da Itália, mas por causa dos muitos anos de estrada (desde 1958!), o branding estava muito difuso, com as dezenas de linhas produzidas no decorrer do tempo, ou seja, precisava de uma unificação. É aí que entrou o Auge Design, que dividiu a marca em três grandes grupos, independentes e bem representados, mas ainda conectados entre si.

AFRE, do Submachine

AFRE, do Submachine

AFRE, do Submachine

AFRE, do Submachine

Pra fechar, a AFRE é uma ONG que atua com crianças de uma das áreas mais pobres da Hungria. A responsável pela identidade visual da organização foi o estúdio Submachine, que diz que, em projetos desse tipo, envolver toda a comunidade no processo é fundamental e um exemplo disso foi uma oficina de impressão pensada para as crianças, onde elas mesmas ajudaram na produção manual dos cartões de visita, todos personalizados com ajuda de tinta e carimbos de borracha.

Projetinhos encantadores, eu diria. Qual é o seu favorito, e por que? Vamos conversar nos comentários! ;)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Em outubro de 2016 o designer e diretor criativo Magdiel Lopez resolveu dar início a um projeto experimental: criar um pôster por dia, por um ano. Todos eles seguem uma mesma linha tipográfica mais simples, abrindo espaço para dedicação total às imagens que compõem cada um, e, por causa dessa periodicidade diária, o estilo de Magdiel fica bem evidente: a vibe é muito surrealista, com bastante distorção, fragmentação de partes do corpo, cores e gradientes vibrantes, iluminação e cenas inusitadas. O destaque fica para as composições, que são muito boas e contribuem pra que cada pôster seja um mais lindo que o outro!

Projetos diários como esse são super proveitosos para qualquer criativo, uma vez que nosso trabalho é muito pautado na prática. Se você fotografa, o Projeto 365 pode ser uma boa. Se é designer, tem o Daily UI Challenge, e é claro, dá pra criar sua própria meta com seu próprio tema, como Magdiel fez. Bora tentar?

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

A Poster Every Day Magdiel Lopez

Magdiel Lopez · Site · Instagram

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

18 de
setembro

Tava revirando fotos de 2009, 2010 e 2013 mais cedo. Bateu um sentimento nostálgico e ao mesmo tempo assustador: quanta coisa mudou pra mim em míseros 3 ou 5 anos. Fui além, pensei no início de 2016 e fiquei mais assustado ainda: apesar de aparentemente a mesma, minha vida virou de cabeça pra baixo em poucos meses. Eu mudei pra caramba, vocês aí também. Não sou mais o mesmo de 2010, nem de 2013, nem de 2015. E que clichê da minha parte. Os objetivos são outros, as perspectivas de vida também, o senso realista anda mais apurado. Depois de vários percalços e arapucas da vida, também pudera.

Os últimos meses têm sido corridos, estressantes, até tristes, e acho que isso justifica minha ausência. Meu único objetivo pra 2016 era melhorar minha organização, e apesar dos trancos e barrancos, vou conseguindo aos poucos. Hoje eu resolvi passar aqui e compartilhar um pouquinho do que anda passando pela minha cabeça e para onde o blog caminha.

Como todo o resto, a blogosfera não é mais a mesma, acho que todo mundo percebeu isso. Os blogs saturaram, muita gente passou a se dedicar a vídeos ou simplesmente pararam de blogar. O boom passou, ficaram só os que realmente amam isso aqui. Agora eu me vejo acompanhando blogs menores, feitos com mais amor e menos obrigação; blogs sobre hobbies, receitas, desenhos, textos, cotidiano. Esse contexto mais minha bagagem dos últimos 3 anos me distanciou do que o blog se tornou, e o resultado é: não me sinto mais tão bem representado. Acima de tudo esse é meu espaço na internet, mais do que qualquer conta em rede social, então como esse espaço pode não me representar?

Os cinco anos com o Melhor Ângulo foram muito importantes pra minha trajetória, mas acho que é hora de tomar outros rumos.

adidas-originals-superstar-branco

Estou começando um novo projeto, que vai aproveitar parte do conteúdo publicado aqui, mas com uma cara nova e mais apropriada para a pessoa que eu sou hoje. Pode ser o fim do blog como vocês conhecem, com o nome que vocês conhecem, mas não é fim de fato, pelo contrário, devo aparecer mais vezes nas próximas semanas. Preparando o terreno, me preparando, até que tudo esteja pronto.

De qualquer forma, quero agradecer muito a todos vocês que ainda visitam, mesmo com meus sumiços. Aos que não entram mais, mas que contribuíram. Aos que comentam, compartilham, e aos que só lêem e absorvem o conteúdo. Aos que acompanharam toda a evolução do blog e a minha como pessoa. Muito obrigado mesmo, vocês são lindxs.

Até a próxima “era”.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Metas 2015

2014 foi um ano difícil. Novas responsabilidades, novos compromissos, e muita barra pra segurar. Tive que rever minhas prioridades temporariamente, e pra isso acabei deixando de lado muito do que eu gostaria de ter feito. A sensação foi de que tudo foi empurrado com a barriga, sabe? Teve pressão, teve estresse… mas também teve menos solidão e mais amor pra compensar e aliviar toda essa loucura. É claro que nem mesmo nessas relações tudo foram flores, mas eu tento ver toda experiência como uma coisa válida e positiva na minha vida, e posso dizer que no fim das contas, aprendi muito nos últimos 12 meses. Tanta coisa aconteceu, tanta coisa mudou! E se 2014 foi um ano de ação (e bota ação nisso), 2015 será de transição: mais tranquilo, mas ainda um ano daqueles!

Sinto que minha maior necessidade agora é a de organizar a bagunça e colocar a vida no lugar; focar novamente nos meus objetivos e sonhos, e não desistir no primeiro fail. Nunca estive tão determinado a fazer tudo acontecer, ao mesmo tempo que nunca estive tão consciente e com os pés no chão sobre o processo que vai me fazer chegar lá. Nada de sonhar acordado, nada de pensar só no resultado final, e isso vale para todas as metas de 2015! Falando nisso, vamos ver quais são elas?

1

Cuidar da minha saúde: Reuni nessa meta todos os aspectos relacionados à saúde, incluindo uma reeducação alimentar aliada com exercícios prazerosos (andar de bicicleta, por exemplo) que vai me levar a um emagrecimento há muito tempo desejado. Pretendo também colocar aparelho: é uma necessidade, mas sempre acabo enrolando, e já estou ficando muito velho pra isso! Ainda quero cuidar melhor da minha visão fazendo uma nova consulta ao oftalmologista para atualizar o grau e ficar sempre de olho na postura, minhas costas agradecem!

2Gastar meu dinheiro com as coisas certas: Em 2014 consegui tomar algumas iniciativas quanto a isso, mas no geral eu gastei muito mais do que precisava. Está mais do que na hora de evitar esses gastos bobos e usar meu dinheirinho suado com compras mais necessárias, itens para o apartamento principalmente (já chego lá). Roupas por exemplo não são mais prioridade, e levando em conta que eu vou conseguir emagrecer… hahaha, ninguém gosta de perder uma calça bonita porque o número diminuiu, né?

3Investir mais no meu trabalho na internet: Dei um tempo nos freelas há alguns meses por causa do trabalho fixo, mas estou voltando com a criação de layouts para blogs! A ideia é divulgar melhor o que eu faço, falar mais sobre processo de criação, trazer mais desse meu lado hard worker para a internet e assim conquistar novos clientes e criar uma imagem mais sólida como designer.

4Me dedicar ao blog: Nem preciso falar no quanto o Melhor Ângulo sofreu esse ano, né? Bati o recorde de menor número de postagens desde o início do blog em 2011! Mas isso vai mudar, e vem vindo aí um layout novinho em folha pra me deixar mais animado ainda em ver conteúdo novo toda semana aqui, e não queria falar nada, mas um tal de YouTube pode ter a ver com isso… Shhhhhhhh!

5Estudar mais: Aqui, além de me dedicar à faculdade (reta final, finalmente), entra a vontade de ler mais livros técnicos e praticar o que já tenho noção, como Illustrator e algumas técnicas diferentes de fotografia.

Zé Zorzan

6Decorar meu apartamento: Essa é uma meta ongoing, ou seja, já comecei a dar meus toques pessoais por aqui. Mas ainda falta muito, deixar um apartamento inteiro com a sua cara é muito difícil, gente! Mas pode deixar que vocês vão ficar sabendo de muita coisa, porque minhas aventuras provavelmente virarão posts! ;)

7Criar um novo blog: Outro segredo! Mas digamos que uma ideia surgiu casualmente numa mesa de restaurante em pleno sábado 35º de Juiz de Fora, e eu fico ansioso só de pensar! Não, o MA não vai acabar (para a tristeza das inimigas), mas trata-se de um projeto que precisa ser pensado e planejado com calma, até porque o tema é de nicho, então não devo ter novidades até o meio do ano. Mas o objetivo aqui é tirar a ideia do papel o quanto antes, e se depender de mim, isso acontece ainda em 2015!

8Ser meu centro das atenções: Quero dar mais atenção a mim mesmo esse ano, priorizar minha felicidade e bem-estar acima de tudo, e isso em todos os aspectos da minha vida, incluindo trabalho, família, amizades, amores e tempo livre. Me livrar de vez da preocupação com o que os outros pensam (já evoluí muito nisso) é um dos passos principais dessa meta! Venho fazendo isso com mais afinco nos últimos meses e a sensação é tão boa que só quero saber de continuar. :)

9Ser mais social: Dizem que eu melhorei muito quando o assunto é ser social e conhecer pessoas novas, mas eu tenho um problema em manter esses laços por mais tempo, sabe? Conhecer pessoas, fazer novos amigos! Viver uma vida offline ainda mal desbravada, me divertir mais, sair da zona de conforto e me arriscar mais por aí!

10Não me deixar desanimar tão facilmente: No fundo, o mais importante pra tudo isso dar certo é que eu não posso entregar os pontos no primeiro obstáculo. Esse é meu maior defeito, e é ele que sempre estraga todos os meus planos e traz aquele desânimo chato. Tento culpar a tudo e a todos, mas o maior culpado sou eu mesmo, e se engana quem pensa que eu não tenho essa consciência. Ainda não sei exatamente como lidar com isso, mas estou disposto a fazer de tudo para ignorar os pensamentos negativos e lembrar do quanto eu quero transformar todas essas metas em realidade em 2015. Otimismo, otimismo!

É isso, objetivos definidos, prontinhos para serem alcançados! Alguém aí se identificou com um ou vários? Nos vemos no próximo trimestre com o andamento dessa brincadeira toda, hein! Ah, e se você chegou até o fim do post, me comunique nos comentários para receber seus merecidos parabéns! ;)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+