Tag: projeto - Page 2 of 4 - Melhor Ângulo

Quando eu postei essa receita de frappuccino aqui no blog, contei que só há pouco tempo comecei a gostar mais de café. Acho que o problema é que antes eu só conhecia o preto expresso ou passado na hora, não sabia a fundo sobre as mil variações e misturas que podem ser feitas. O legal é que esse novo paladar se juntou à minha fascinação pelos ambientes propriamente ditos dos cafés gringos (aqui tem até um post de inspiração) e nessa ~onda~ hoje o post é dedicado a identidades visuais tanto do grão quanto dos estabelecimentos. Fiz uma seleção com 8 projetos retirados lá do Behance, todos entre os meus favoritos. Já peço desculpas por não colocar todas as imagens dos projetos, é pra não ficar gigantesco. Mas é só clicar no link de cada um e ir lá ver tudo na íntegra! Ó só:

Fernwood Coffee

O que mais me conquistou nesse projeto de identidade visual foram as cores que têm uma pegada náutica, mantendo-se sempre no branco, vermelho e azul marinho. A razão para o estúdio Glasfurd & Walker ter tomado essa direção provavelmente se deu porque a base desse café fica em Victoria, no Canadá, uma cidade portuária de navios-cruzeiro. A solução não só trouxe identificação com a cidade e o comércio local como combinou muito bem com a proposta intimista e até um pouco retrô que cafés geralmente têm.

Fernwood Coffee

J. Hornig

A J. Hornig é uma marca tanto de café em grão como também tem seus espaços espalhados pela Áustria. Esse projeto desenvolvido pela Moodley envolveu toda a identidade visual, que se estende até mesmo aos triciclos ambulantes que levam café até as pessoas! As principais cores escolhidas são o marrom, vermelho e branco, combinação que me apaixona só de olhar! Outras cores de apoio são o azul e o verde musgo. Vale a pena ver todas as imagens do projeto, porque são muito lindas e bem clicadas. ;)

J. Hornig

Miscela di Caffè in Grani

Esse segue uma tendência mais moderninha e minimalista que tenho visto bastante no Behance. Reúne a presença de uma fonte bem redondinha em caixa alta, cores claras e até fluorecentes, e ilustrações que aparecem geralmente em forma de padronagem. Lindo!

Miscela di Caffè in Grani

JOCO

A JOCO não produz nem é um café, e sim uma empresa que fabrica copos próprios para a bebida. A ideia aqui é proteger o meio ambiente de hábitos ruins como o do copo descartável (de plástico ou isopor) e continuar bebendo o café diário com estilo, num produto feito com materiais pensados sustentavelmente. Bacana, né?

JOCO

General Cafe

O General Cafe fica em Gettysburg, na Pensilvânia, e também tem a preocupação de ter produtos pensados de forma ecológica. A identidade visual é simples, mas cumpre seu papel de forma muito dinâmica. Destaque para os vários ícones criados para a marca e essa colherzinha de mexer o café que é até bastante comum lá fora, mas que deveria aparecer com mais frequência nos estabelecimentos brasileiros. Uma oportunidade de aplicação muito bonitinha para marcar a presença de um logotipo!

General Cafe

The Reformatory Caffeine Lab

Essa não é uma coffee shop como as outras. Simon Jaramillo é um cara que cresceu numa família que cultiva café há 110 anos e por isso virou um alucinado pela arte de colher, secar, moer e usar o grão nas bebidas. O The Reformatory Caffeine Lab tem a proposta de trazer uma experiência totalmente nova para os visitantes, algo muito ligado a todo esse processo de produção, à “química” do café. O mais legal é que o lugar tem também uma ligação com os quadrinhos, com inúmeras ilustrações nas paredes, várias delas em homenagem ao Coringa, personagem da DC Comics.

The Reformatory Caffeine Lab

Joe’s Coffee

Nos Estados Unidos é muito comum a expressão “a cup of joe” quando alguém pede por uma xícara de café, e essa foi a frase que inspirou a criação do Joe’s Coffee. A identidade visual do lugar é baseada na silhueta do rosto de um homem, mais precisamente o próprio Joe que deu origem à expressão. É uma história meio longa que não vale a pena ser contada aqui, mas digamos que esse Joe viveu há muito tempo e era bem importante, hahaha. Toda a papelaria do café também tem um ar bem retrô, que condiz com o tempo da história que deu origem à tudo isso. :)

Joe's Coffee

Dorigenn

E pra finalizar, taí um projeto que achei bem brasileiro, e não tive essa impressão necessariamente por causa das cores, mas sim pelas ilustrações bem tropicais. Só depois fui descobrir que a marca é colombiana, daqui do lado! Toda essa estética está aí para representar diferentes regiões nos arredores da Colômbia (inclusive Amazônia) e o que elas podem trazer de sabores e aromas para o café. Muito legal, né?

Dorigenn

É isso, espero que tenham gostado desse post mais focado em design. Prometo trazer mais conteúdo bacana pra essa categoria! Comenta aqui embaixo o que achou! ;)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Dezembro foi um mês super corrido pra mim, parece que ontem mesmo era dia 1º e eu buscava uma imagem dizendo “Hello december” para colocar na fan page do blog. Fiz alguns trabalhos pendentes na faculdade, trabalhei muito, comecei minhas mini férias uma semana antes (mas nem fez tanta diferença), vim para Cataguases e revivi o verdadeiro conceito do calor, e cá estou finalizando o ano com alguns posts que não poderiam deixar de ir ao ar. Das 11 fotos escolhidas para representar dezembro, algumas já inclusive apareceram aqui, olhem só:

11 por mês dezembro

Com o fim do ano, finalmente pude pegar todos os pacotinhos de fotos impressas, separar, organizar e rever todas elas, uma por uma. Posso dizer que o 11 por mês foi uma grande conquista para mim, que até então nunca tinha completado um projeto tão direitinho, mesmo tendo atrasado alguns meses (e tudo bem, já que não havia uma regra tão rígida sobre isso). Como previsto, foram 132 fotos no total, e elas agora vão ganhar espaço em um álbum que eu vou mostrar pra vocês depois no Instagram.

Essa ideia-base de imprimir fotos em vez de deixá-las perdidas nas pastas do computador vai continuar pra sempre na minha vida, adaptada em novos projetos, com outros nomes e dinâmicas diferentes. Em 2014 o 11 por mês se despede do MA, mas podem ficar sabendo que teremos mais coisas legais do tipo, promessa é dívida! ;)

11 por mês em 2013

11 por mês em 2013

11 por mês em 2013

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Dando meus pulos lá no Pinterest, descobri o trabalho da designer gráfico e ilustradora Lauren Hom, criadora do Daily Dishonesty, um Tumblr recheado de frases desonestas, coisas que a gente sabe que não é verdade, mas mesmo assim ouvimos por aí ou até mesmo falamos da boca pra fora. A ideia já é ótima, mas o que terminou de me conquistar foi o trabalho minucioso da Lauren com a tipografia e as cores, tudo muito, muito no lugar e bem feito! Alguns exemplos:

Minha dieta começa amanhã

Minha dieta começa amanhã

Calorias não contam no fim de semana

Calorias não contam no fim de semana

Meu quarto não é tão bagunçado assim

Meu quarto não é tão bagunçado assim

Li e concordo com os termos e condições

Li e concordo com os termos e condições

Esse jeans entrará em um mês

Esse jeans entrará em um mês

Fio dental todos os dias

Fio dental todos os dias

Esse salto não machuca

Esse salto não machuca

Não tem espaço para sobremesa

Não tem espaço para sobremesa

Já superei

Já superei

Estarei aí em 5 minutos

Estarei aí em 5 minutos

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Zé Zorzan

Imagine a cena: Alguns parentes chegam, ou amigos, ou a(o) namorada(o), e em algum momento da conversa um deles sugere que o outro pegue os álbuns antigos da família para relembrar as festas de aniversário, as viagens à praia, as gestações… todos ali em volta do sofá folheando as fotos protegidas por películas de plástico transparente. De repente, uma das crianças mais novas da família chega do quarto entediada com a programação ruim na TV e ao vê-la, a mesma pessoa que sugeriu o álbum, agora tem a ideia de ver as fotos da criança quando ela era recém-nascida, coisa de 4 anos atrás: “Vamos lá no computador que o Sebastião Roberto pode parar o trabalho da escola um pouquinho pra gente ver.” “Pelo amor de Deus, passa isso mais devagar, Tião!”

Perceberam a diferença? Com certeza isso já aconteceu com você ou perto de você, né?

Não que eu sou contra a fotografia digital, muito longe disso. Mas eu sinto falta de como era mais interessante tirar uma hora de um domingo para sentar no sofá depois de um banho, pegar a caixa de sapato cheia de álbuns de 1900 e guaraná de rolha e olhar com calma, uma por uma, apreciando. No computador, você senta na mesma cadeira que leu e-mails estressantes e que passou horas procrastinando no Facebook, nem um pouco sagrado para um momento que deveria ser relaxante e perceptivo.

Foi pensando nisso que eu decidi começar o projeto-campanha 11 Por Mês, que se resume basicamente em imprimir 11 fotos, em cada um dos 12 meses a partir de 2013, ou seja, para a vida toda! O resultado será um punhado com 132 fotos representando o ano todo, o que é uma quantidade mais do que suficiente, não acham?

Sem regras, sem necessidade de planejar e clicar fotos especialmente para o projeto. Apenas fotografe durante o mês. Quando ele estiver em seus últimos dias, sente no computador, selecione as 11 mais legais e leve para imprimir! Não precisam ser fotos dignas de Flickr, basta serem registros: dos amigos na festa aos felinos no Instagram.

Como prometi, resolvi usar esse tema para gravar o primeiro vídeo do blog onde eu apareço, hahaha. Nele eu explico basicamente o que já está escrito no post, mas vale assistir. Só não reparem: eu estava com vergonha.

O projeto tinha uma intenção mais pessoal no início, mas decidi tentar cultivar a ideia e ver se mais pessoas topam encher as caixas de sapato comigo. Para isso, convidei alguns blogueiros e vocês leitores para escreverem sobre o projeto e tentarem comigo! Basta postar todo fim de mês falando sobre as fotos escolhidas e mostrando elas bonitinhas e impressas para os leitores. Caso não queira explicar como o projeto funciona, criei uma página específica para isso, é só deixar o link no post. :)

E se quiser clicar suas 11 fotos reunidas e postar no Instagram ou Twitter, não se esqueça de usar a tag #11pormesNa fan page do blog também tem uma imagem para compartilhar o projeto-campanha com seus amigos e incentivá-los a aderir!

É isso, não espero um grande sucesso, mas não quis privar todo esse pensamento comigo, juntem-se a mim nesse propósito! Espalhem essa ideia!

Por uma memória melhor documentada.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+