Tag: kristen stewart - Melhor Ângulo

Sabe aquela vontade que todo jovem tem de juntar suas poucas coisas na mochila e cair na estrada para seguir seu próprio caminho? Bem, isso não provém da juventude atual; na verdade, começou nos tempos dos seus avós. Estranho? Nem tanto.

geração beat, ou os beatniks, vieram dos distantes anos 50, misturando o jazz (que era a febre nos Estados Unidos) com a imensa vontade de tirar de moda a sociedade careta do momento. Rapidamente foram intitulados como a “geração perdida”. Sem esse movimento, possivelmente não haveria rock, hippies, e nem mesmo o Greenpeace! Eles foram os primeiros a parar e conseguir pensar diferente das pessoas da época, dando importância a liberdade e não ao consumismo. Um dos maiores expoentes dessa geração foram os escritores americanos Jack Keroac, Allen Ginsberg, Willian Burroughs e o famoso músico Bob Dylan. Além deles, muitos outros foram influenciados pelo estilo de vida anti-materialista dos beats, como os grupos Pink Floyd, Beatles, Stones e muitos outros.

Bem, de lá pra cá muita coisa mudou, mas o sonho de cair na estrada ainda permanece. E um dos primeiros homens a relatar essa experiência foi o célebre autor Jack Kerouac, que escreveu um livro inteiro em três semanas sem parar, movido a muito café. O livro, intitulado On the Road (Pé na Estrada no Brasil), foi recusado várias vezes antes de se tornar um clássico mundial e considerado “a bíblia hippie”.

Abarrotadas de longas orações super adjetivas, a publicação conta as experiências do autor e suas viagens pelas rodovias, pedindo carona e dormindo em albergues mal iluminados. Aqui vai um trecho do livro:

[…] A mais incrível carona de minha vida estava prestes a surgir; um caminhão que tinha uma plataforma de madeira atrás e cinco ou seis caras esparramados por cima; os motoristas, dois jovens agricultores loiros do Minnesota, estavam recolhendo toda e qualquer alma solitária que encontrassem por aquela estrada — formavam a mais simpática, sorridente e jovial dupla caipira que se pode imaginar, os dois de macacão, camiseta e nada mais, ambos ágeis e com pulsos grossos, e um amplo sorriso de “cuméquitá?” resplandecendo para todos os que cruzassem pelo caminho deles. Eu corri, perguntei: — Tem lugar pra mais um? — Eles disseram: — Claro, suba, tem lugar pra todo mundo. […]

A adaptação para filme teve seu lançamento em maio no Festival de Cannes e em julho aqui no Brasil. No elenco: Kirsten Dunst, Kristen Stewart, Sam Riley (como Sal Paradise) e Garrett Hedlund (como o amigo de sal, Dean Moriarty). Olha só o trailer:

Bom, se vocês acham que se deram bem com o tema, corram para as livrarias ou bibliotecas para ler o livro. E se aguentar ver o filme só depois, é sempre melhor. Só não posso garantir que depois aquela vontade de cair na estrada vá embora. Talvez ela até aumente. :)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Eu sou um fã de fotografia, vocês sabem. E um dos campos que mais me interessa no campo é a fotografia editorial e de moda. Acho incrível e apesar de gostar muito de externas, acho que com uma boa produção a falta de cenário de um estúdio pode ser totalmente ofuscada pela(o) modelo.

Todos os dias modelos posam para ótimos fotógrafos da área, mas nem sempre ouvimos muito burburinhos sobre esses ensaios, apesar de muitos serem maravilhosos e merecerem total destaque da mídia. Vou tentar trazer essas fotos pra vocês verem por aqui, mas enquanto não tenho tantas vamos começar o assunto com a última sessão de fotos da Kristen Stewart para a americana W Magazine. As fotos tentaram mostrar um lado mulher fatal vampira de Kristen, às vezes muito chamada de sem sal e desleixada por aí. Em Amanhecer, Bella já é vampira e esse foi um dos assuntos mais falados na entrevista que deu à edição.

As fotos lindas demais são da dupla de fotógrafos Mert Alas & Marcus Piggott (sou fã) e toda a produção foi inspirada nos anos 60, dá uma olhada:

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+