Tag: identidade visual - Melhor Ângulo

Dando continuidade à série de posts sobre cafés, dessa vez ele é fictício. É que a equipe do estúdio de design Saturday Studio criou como forma de exercício a marca Talihina, especializada em cold brew coffee, um tipo de preparação hype do momento onde o café é passado com água fria, por mais tempo, e assim adquire um sabor diferente, mais suave e adocicado até. A intenção do projeto foi praticar um pouco de naming, branding, impressão e design de embalagens, tudo isso livre do briefing limitador que muitos clientes trazem.

A identidade foi inspirada na filosofia de quem produz em baixa escala, no cuidado que os produtos não industrializados recebem em toda a simplicidade que um pequeno lote de café receberia. As impressões no vidro foram feitas uma a uma e o resultado é que nenhuma garrafa ficou exatamente igual às outras.

E assim as garrafas ganharam o logotipo da Talihina!

Tirar um tempo para trabalhar em projetos pessoais e paralelos assim é sempre uma ideia válida, afinal sair do automático e criar algo por prazer acelera o metabolismo de qualquer designer que está acostumado com a rotina de agência, certo? Desse projeto simples e lindo, essa foi a liçãozinha do dia. ;)

Saturday Studio · Site · Instagram · Pinterest · Dribbble

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

stone-way-cafe-seattle-1

Eu sonho em abrir um café um dia. Paralelo ao meu trabalho com design, paralelo ao meu trabalho com fotografia. Vou compartilhar de vez em quando alguns projetos de design (branding, interiores) desenvolvidos para cafés do mundo inteiro, assim serve de inspiração pra mim e enche os olhos de vocês! ;)

O primeiro é o Stone Way Cafe, em Seattle. A identidade visual criada pelo estúdio Shore (também de Seattle) foi inspirada no passado industrial do bairro de Freemont, onde fica o café. A tipografia foi beaseada nas antigas placas improvisadas de lojas, garagens e carros, e pra isso o estúdio contou com a ajuda de fabricantes e pintores locais. O resultado é simples, mas tem personalidade, cheio de pequenos contrastes. A fachada robusta por exemplo abre as portas para o espaço aconchegante e convidador do café, com um projeto de interiores que mistura madeira, móveis industriais, iluminação baixa e peças num tom de laranja que quebra a seriedade do preto e branco presente na maior parte das peças. Apaixonante.

stone-way-cafe-seattle-2

stone-way-cafe-seattle-3

stone-way-cafe-seattle-4

Para os amantes de detalhes: olha esse cartão fidelidade!

stone-way-cafe-seattle-5

stone-way-cafe-seattle-6

stone-way-cafe-seattle-7

stone-way-cafe-seattle-8

stone-way-cafe-seattle-9

stone-way-cafe-seattle-10

stone-way-cafe-seattle-11

stone-way-cafe-seattle-12

Stone Way Cafe
Rua Stone Way N, 3510 · Seattle · Washington · EUA
Site · Instagram

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Quando eu postei essa receita de frappuccino aqui no blog, contei que só há pouco tempo comecei a gostar mais de café. Acho que o problema é que antes eu só conhecia o preto expresso ou passado na hora, não sabia a fundo sobre as mil variações e misturas que podem ser feitas. O legal é que esse novo paladar se juntou à minha fascinação pelos ambientes propriamente ditos dos cafés gringos (aqui tem até um post de inspiração) e nessa ~onda~ hoje o post é dedicado a identidades visuais tanto do grão quanto dos estabelecimentos. Fiz uma seleção com 8 projetos retirados lá do Behance, todos entre os meus favoritos. Já peço desculpas por não colocar todas as imagens dos projetos, é pra não ficar gigantesco. Mas é só clicar no link de cada um e ir lá ver tudo na íntegra! Ó só:

Fernwood Coffee

O que mais me conquistou nesse projeto de identidade visual foram as cores que têm uma pegada náutica, mantendo-se sempre no branco, vermelho e azul marinho. A razão para o estúdio Glasfurd & Walker ter tomado essa direção provavelmente se deu porque a base desse café fica em Victoria, no Canadá, uma cidade portuária de navios-cruzeiro. A solução não só trouxe identificação com a cidade e o comércio local como combinou muito bem com a proposta intimista e até um pouco retrô que cafés geralmente têm.

Fernwood Coffee

J. Hornig

A J. Hornig é uma marca tanto de café em grão como também tem seus espaços espalhados pela Áustria. Esse projeto desenvolvido pela Moodley envolveu toda a identidade visual, que se estende até mesmo aos triciclos ambulantes que levam café até as pessoas! As principais cores escolhidas são o marrom, vermelho e branco, combinação que me apaixona só de olhar! Outras cores de apoio são o azul e o verde musgo. Vale a pena ver todas as imagens do projeto, porque são muito lindas e bem clicadas. ;)

J. Hornig

Miscela di Caffè in Grani

Esse segue uma tendência mais moderninha e minimalista que tenho visto bastante no Behance. Reúne a presença de uma fonte bem redondinha em caixa alta, cores claras e até fluorecentes, e ilustrações que aparecem geralmente em forma de padronagem. Lindo!

Miscela di Caffè in Grani

JOCO

A JOCO não produz nem é um café, e sim uma empresa que fabrica copos próprios para a bebida. A ideia aqui é proteger o meio ambiente de hábitos ruins como o do copo descartável (de plástico ou isopor) e continuar bebendo o café diário com estilo, num produto feito com materiais pensados sustentavelmente. Bacana, né?

JOCO

General Cafe

O General Cafe fica em Gettysburg, na Pensilvânia, e também tem a preocupação de ter produtos pensados de forma ecológica. A identidade visual é simples, mas cumpre seu papel de forma muito dinâmica. Destaque para os vários ícones criados para a marca e essa colherzinha de mexer o café que é até bastante comum lá fora, mas que deveria aparecer com mais frequência nos estabelecimentos brasileiros. Uma oportunidade de aplicação muito bonitinha para marcar a presença de um logotipo!

General Cafe

The Reformatory Caffeine Lab

Essa não é uma coffee shop como as outras. Simon Jaramillo é um cara que cresceu numa família que cultiva café há 110 anos e por isso virou um alucinado pela arte de colher, secar, moer e usar o grão nas bebidas. O The Reformatory Caffeine Lab tem a proposta de trazer uma experiência totalmente nova para os visitantes, algo muito ligado a todo esse processo de produção, à “química” do café. O mais legal é que o lugar tem também uma ligação com os quadrinhos, com inúmeras ilustrações nas paredes, várias delas em homenagem ao Coringa, personagem da DC Comics.

The Reformatory Caffeine Lab

Joe’s Coffee

Nos Estados Unidos é muito comum a expressão “a cup of joe” quando alguém pede por uma xícara de café, e essa foi a frase que inspirou a criação do Joe’s Coffee. A identidade visual do lugar é baseada na silhueta do rosto de um homem, mais precisamente o próprio Joe que deu origem à expressão. É uma história meio longa que não vale a pena ser contada aqui, mas digamos que esse Joe viveu há muito tempo e era bem importante, hahaha. Toda a papelaria do café também tem um ar bem retrô, que condiz com o tempo da história que deu origem à tudo isso. :)

Joe's Coffee

Dorigenn

E pra finalizar, taí um projeto que achei bem brasileiro, e não tive essa impressão necessariamente por causa das cores, mas sim pelas ilustrações bem tropicais. Só depois fui descobrir que a marca é colombiana, daqui do lado! Toda essa estética está aí para representar diferentes regiões nos arredores da Colômbia (inclusive Amazônia) e o que elas podem trazer de sabores e aromas para o café. Muito legal, né?

Dorigenn

É isso, espero que tenham gostado desse post mais focado em design. Prometo trazer mais conteúdo bacana pra essa categoria! Comenta aqui embaixo o que achou! ;)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+