Tag: fotografia - Melhor Ângulo

Verão

O verão começa daqui uma semana, dia 21 de dezembro, mas já estou sentindo a estação desde já, com seu calor exagerado, alguns dias de trégua com chuva calminha e outros, com temporais pesados e passageiros. Minha família nunca teve o costume de ir para a praia nessa época do ano, talvez por isso fotos com esse tema me fascinam, acho que vai dar para perceber o mar aparecendo bastante nessa seleção super colorida e veraneia que eu reuni pra hoje. :)

Continue Lendo

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Feminismo: movimento político, filosófico e social que defende a igualdade de direitos entre mulheres e homens. Simples, né? Não sei como muita gente ainda não entende.

O assunto que anda tão em pauta nos últimos meses me deixou com o olhar mais apurado até quando se trata de fotografia. Passei a observar as mulheres com mais atenção, e admiro muito fotógrafos e fotógrafas que se dedicam inteiramente a traduzir as personalidades femininas em seus trabalhos.

O fotógrafo russo Marat Safin é um exemplo. Ele une a força da natureza à delicadeza da mulher (e o contrário!) ou deixa que elas escolham seu ambiente natural, que pode ser um quarto, um canto perto da janela que deixa mais luz entrar em casa ou no alto de uma montanha, onde o silêncio e a solidão permanecem (não que sejam necessariamente coisas ruins nesse caso). O Flickr tem muito mais fotos como essas abaixo, vale seguir ele por lá. ;)

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Marat Safin

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Clemente De Muro

Oi, lembram de mim? Sumi de novo, né? Eu sei. A semana do dia 27 de abril foi completamente dedicada ao retorno do blog: layout, correção de erros, organização, novo calendário… por isso nada de posts. Esses estavam programados para voltarem oficialmente na semana seguinte, do dia 4. Até que veio a vida e PA PA PUM: fiquei doente de uma hora pra outra, e isso durou até a última sexta-feira. Fazer o que? Todos os dias eu aprendo que não adianta planejar demais, que eu devo simplesmente fazer. Então vambora fazendo!

Vocês repararam que o Flickr voltou a ser bonito? No último dia 7 eles lançaram algumas novidades, inclusive uma nova página de galeria combinando com o que eles já vinham fazendo nos grupos há algum tempo (dá pra ver tudo aqui). Grandes empresas como Google, Yahoo! e Facebook costumam dar esses baby steps de mudanças para testar a aprovação dos usuários, e não foi diferente no Flickr. As capas agora são maiores, as fotos não ocupam mais 100% da tela, enfim, tá tudo mais organizado. Convenhamos, ficou bem melhor!

Inspirado nessa novidade, resolvi voltar aos trabalhos no blog ressuscitando uma tag, a Flickr do dia. Nunca dei a atenção que ela merecia, e como eu sou apaixonado por essa plataforma e por compartilhar trabalhos de fotógrafos, por que não unir o útil ao agradável?

O escolhido de hoje é Clemente De Muro, um italiano que me chamou a atenção porque vi nas fotos algo diferente, um olhar cinematográfico, como se fossem registros da gravação de um filme ou clipe musical. Isso não só pelos enquadramentos, mas até mesmo pela iluminação sempre mais escura do que estamos acostumados em fotos e pelas cores, reais, com o mínimo de pós-produção. A impressão final é de que são frames de um filme que ainda não passou pelo colorista ou pela edição. Puras e simples.

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Clemente De Muro

Minha surpresa foi descobrir que Clemente é de fato um diretor e trabalha em dupla com um colega na produtora CRIC, e eles já fizeram vídeos bem bacanas como esse:

O que acharam do trabalho dele? Me contem aqui embaixo! ;)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Há pouco menos de um mês eu passei um final de semana na casa da minha amiga Ingrid em Pedro do Rio, um dos vários distritos de Petrópolis. Lá nós resolvemos fazer algumas fotos descompromissadas, no improviso mesmo, pra aproveitar o lugar que é bem bonito e cheio de verde.

Apesar de todo o meu interesse por fotografia voltando com tudo esse ano, tenho passado por aquela crise de identidade fotográfica que muitos aspirantes nessa área passam uma hora ou outra. Aquilo de olhar pra fotos recém-tiradas, gostar muito, mas sentir falta de algo mais, entendem? Tive um sentimento parecido com as fotos desse dia, mas acho que uma das soluções pra essa crise é continuar fotografando e postando mesmo, afinal novos olhares só surgem com a prática, a tentativa, o erro e o acerto. Tô certo?

Espero que gostem, dêem suas opiniões nos comentários que eu fico agradecido! ;)

Ingrid Lemos por Zé Zorzan

Ingrid Lemos por Zé Zorzan

Ingrid Lemos por Zé Zorzan

Ingrid Lemos por Zé Zorzan

Matinho

Ingrid Lemos por Zé Zorzan

Continue Lendo

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+