Tag: decoração - Melhor Ângulo

De uns dois anos pra cá fiquei obcecado por mood boards, salvando 1000 imagens e montando boards no Pinterest com determinados temas pra me inspirar. Hoje eu resolvi compartilhar ideias – que eu venho guardando desde antes do Natal – de como decorar com luzes tipo pisca-pisca sem passar a impressão imediata de festas de fim de ano, ou seja, tentar incorporá-las o ano inteiro nos cantinhos da casa. Quer ver?

Luzes de Natal o ano inteiro

1. 2. 3. 4. 5. 6.

1. Home office e luzes de Natal criam uma combinação infalível. Quando a parede é cheia de quadros ou pôsteres como nesse exemplo, fica legal “emoldurar” tudo isso, com o fio bem retinho. Se você gosta de um ar mais bagunçado, também pode apoiar as luzes em pregos dispostos aleatoriamente na parede.

2. Uma das ideias que eu mais gosto: encher vidros, potes, garrafas e derivados com as luzes. Usando aquelas que não piscam, o efeito é de uma luminária fraquinha, que deixa o ambiente leve e relaxante.

3. Muito rico esse espelho gigante apoiado no chão com luzinhas menores que as normais. Com a moldura adequada a ideia serve tanto para quarto de adolescentes quanto adultos.

4. Clássica. Quem tem uma cama com cabeceira como essa, de ferro ou qualquer outro material, basta colocar as luzinhas por toda a borda e o resultado é essa coisa linda.

5. Com pregos ou fita adesiva, você consegue criar a forma de uma palavra pequena (ou não) na parede, com letra cursiva fica muito bonito! Não se esqueça de usar a tomada como parâmetro para não ter trabalho à toa e depois não conseguir ligar. Já aconteceu comigo, hehe.

6. A ideia lembra a da palavra aqui em cima, mas nesse caso, apenas uma letra foi envolvida pelas luzinhas. Você pode comprá-la pronta ou tentar criar uma com arame mais grosso e a ajuda de um alicate.

Luzes de Natal o ano inteiro

7. 8. 9. 10. 11. 12.

8. Na imagem, as luzes formam um varal de fotos, sempre muito amor. Se você já tiver um com o fio normal, ainda dá pra enrolar as luzes em volta, o efeito é o mesmo.

10 e 11. A escada e a corda seguem a mesma ideia do espelho, as luzes deixam qualquer coisa mais interessante!

12. Camas tipo box sem cabeceira têm sido mais vendidas do que nunca, e a criatividade para criar a sensação de que ela está ali só depende de você. Nessa foto, as luzes foram estrategicamente moldadas para parecer o telhado de uma casa. Me passou aconchego só de olhar!

E aí, gostaram das ideias? Tem outras para compartilhar? Comentem aqui em baixo!

Post originalmente publicado no dia 15 de janeiro de 2013 e revisado para se adequar aos novos padrões do Melhor Ângulo.
Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

O pique pra decorar meu cantinho vai e volta quase toda semana, mas nessas horas de ânimo busco sempre uma inspiração como a de hoje. Quem mora nesse apartamento é Mimmi Staaf, dona de uma loja homônima de móveis e itens decorativos em Estocolmo, e o espaço é daqueles bem apertadinhos, mas aconchegantes. A sensação de aplitude foi criada com algumas sacadas legais que eu gosto de reforçar na mente sempre que eu vejo. Bora ver os segredos?

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Pra começar, o que já deu pra perceber de cara: as cores. O uso intenso de branco não é por acaso ou porque faltou dinheiro pras tintas, calma lá! Branco ajuda a aumentar tudo o que a gente vê, dá aquela impressão de espaço vazio, infinito, e isso ajuda muito quando as medidas do apartamento (ou casa) são pequenas. Mas não só de branco vive o homem: vai ter cinza sim, vai ter amarelo, tons de madeira e outras cores dessaturadas pra completar o conjunto, que fica harmônico, suave e passou uma sensação de limpeza, concorda comigo?

A iluminação também faz toda a diferença. Mimmi escolheu descartar as cortinas e eu faria o mesmo se tivesse uma quantidade de luz assim entrando em casa, ainda mais que na Suécia o verão dura muito pouco. A luz deixa tudo que já era claro mais claro ainda, ou seja, mais amplitude. Fora que o bom e velho sol deixa sempre o dia mais bonito, a vida mais feliz, e o corpo com vitamina D.

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Móveis versáteis também são coringas pra quem tem pouco espaço. Por exemplo: as duas mesas que a gente vê nas fotos do home office e sala de jantar podem ficar maiores, elas só precisam de um ajuste nas laterais. Os nichos embaixo da TV são desmontáveis, as paredes são aproveitadas com prateleiras e as estantes são evitadas pra não ocupar tanto os cômodos.

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

No mais, tenho aprendido que o essencial é o mais importante na hora de decorar: as cores, os móveis básicos (mesas, sofá, armários), os utensílios de cozinha, o jogo de cama. Detalhes podem ser substituídos com mais facilidade no dia-a-dia, mas sem uma boa base, nem o espremedor do Philippe Starck vai cair bem na sua estante. É claro que tudo é importante, mas se a sua dúvida é por onde começar como a minha também era, comece pelo início e o resto terá mais chances de dar certo!

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

Apartamento iluminado de Mimmi Staaf

As fotos lindas são do pessoal do Fantastic Frank, e valem Pinterest hein!

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Araras

Ando muito inspirado a mudar algumas coisas no meu apartamento. Desde que eu me mudei em 2013 nunca consegui deixar ele do jeitinho que eu sempre quis, por questão de prioridades mesmo: contas primeiro, caprichos depois. Hoje a situação não anda muito diferente, mas tô tendo a oportunidade de me dedicar um pouco mais à decoração do meu cantinho, e é nessa vibe que eu começo hoje uma série de posts no blog chamada “Quero no meu apê”, falando de coisas que eu quero muito aplicar por aqui (cê jura?).

Pra começar, tô num momento de desapego. Já não tenho muita coisa, mas esse pouco já me incomoda em alguns aspectos. Livros que nunca li, revistas de 3 anos atrás, presentes que não combinam muito comigo… mas principalmente os móveis. Peguei uma coisa de cada cômodo da casa dos meus pais quando vim pra Juiz de Fora e de lá pra cá só investi em uma mesa nova pra trabalhar. Deles, o móvel que mais me frustra com certeza é o guarda-roupa, típico de Casas Bahia, naquela cor marfim. Mas como não tenho dinheiro no momento pra comprar um armário novo do jeito que eu gostaria, ando pensando muito em montar um mini closet aberto num canto-quadrado-meio-inútil do meu quarto.

Prateleiras superiores para as roupas de cama, inferiores para sapatos e bottoms, e uma belezinha de arara para as outras peças de roupa. As araras sempre me fascinaram, porque sempre vi os cabides cheios de roupas como um plus na decoração que acaba escondido no armário. Além de baratas pra quem quer comprar, dá pra fazer uma em casa com pouco material e money! Separei algumas inspirações no Pinterest pra me inspirar e decidir como vou fazer a minha, será que não é uma boa ideia pra você também?

Moodboard araras

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Eu venho reparando desde sei lá, ano passado, que a cor mostarda vem aparecendo em todos os cantos: moda, decoração, design, etc. Particularmente, no verão e outono ela sempre dá as caras com mais força; no verão por ser bem vibrante e no outono por ser um tom terroso e ter tudo a ver com essa época das folhas secas (que rola mais no hemisfério norte, infelizmente). No início eu ficava meio assim, olhando torto, mas nos últimos meses isso mudou de uma hora pra outra e eu me vi obcecado e querendo ter mil coisas nessa cor! Meu amarelo de cada dia que me desculpe.

Pensando nisso, montei um moodboard com imagens que representam o mostarda nos contextos que eu citei: de peças de roupas à pôsteres e itens decorativos. O post de hoje também é uma tentativa de voltar com montagens desse tipo, que eu gosto demais, mas que me irritavam porque as imagens originais e grandonas não ficavam separadinhas caso vocês quisessem salvar ou jogar no Pinterest. :( Mas desencanei e acho que fica bonito e agrega no quesito inspiração, não acham?

Moodboard mostarda

Pra terminar, fotos de uma bermuda que comprei na C&A há algumas semanas e que é a peça do momento no meu guarda-roupa. Custou só R$39,90 (uma pechincha) e eu estou apaixonado. :)

Bermuda mostarda

Bermuda mostarda

Bermuda mostarda

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+