Tag: decor - Melhor Ângulo

De uns dois anos pra cá fiquei obcecado por mood boards, salvando 1000 imagens e montando boards no Pinterest com determinados temas pra me inspirar. Hoje eu resolvi compartilhar ideias – que eu venho guardando desde antes do Natal – de como decorar com luzes tipo pisca-pisca sem passar a impressão imediata de festas de fim de ano, ou seja, tentar incorporá-las o ano inteiro nos cantinhos da casa. Quer ver?

Luzes de Natal o ano inteiro

1. 2. 3. 4. 5. 6.

1. Home office e luzes de Natal criam uma combinação infalível. Quando a parede é cheia de quadros ou pôsteres como nesse exemplo, fica legal “emoldurar” tudo isso, com o fio bem retinho. Se você gosta de um ar mais bagunçado, também pode apoiar as luzes em pregos dispostos aleatoriamente na parede.

2. Uma das ideias que eu mais gosto: encher vidros, potes, garrafas e derivados com as luzes. Usando aquelas que não piscam, o efeito é de uma luminária fraquinha, que deixa o ambiente leve e relaxante.

3. Muito rico esse espelho gigante apoiado no chão com luzinhas menores que as normais. Com a moldura adequada a ideia serve tanto para quarto de adolescentes quanto adultos.

4. Clássica. Quem tem uma cama com cabeceira como essa, de ferro ou qualquer outro material, basta colocar as luzinhas por toda a borda e o resultado é essa coisa linda.

5. Com pregos ou fita adesiva, você consegue criar a forma de uma palavra pequena (ou não) na parede, com letra cursiva fica muito bonito! Não se esqueça de usar a tomada como parâmetro para não ter trabalho à toa e depois não conseguir ligar. Já aconteceu comigo, hehe.

6. A ideia lembra a da palavra aqui em cima, mas nesse caso, apenas uma letra foi envolvida pelas luzinhas. Você pode comprá-la pronta ou tentar criar uma com arame mais grosso e a ajuda de um alicate.

Luzes de Natal o ano inteiro

7. 8. 9. 10. 11. 12.

8. Na imagem, as luzes formam um varal de fotos, sempre muito amor. Se você já tiver um com o fio normal, ainda dá pra enrolar as luzes em volta, o efeito é o mesmo.

10 e 11. A escada e a corda seguem a mesma ideia do espelho, as luzes deixam qualquer coisa mais interessante!

12. Camas tipo box sem cabeceira têm sido mais vendidas do que nunca, e a criatividade para criar a sensação de que ela está ali só depende de você. Nessa foto, as luzes foram estrategicamente moldadas para parecer o telhado de uma casa. Me passou aconchego só de olhar!

E aí, gostaram das ideias? Tem outras para compartilhar? Comentem aqui em baixo!

Post originalmente publicado no dia 15 de janeiro de 2013 e revisado para se adequar aos novos padrões do Melhor Ângulo.
Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Seguindo minha obsessão por mood boards como contei naquele post, hoje fiz mais um, dessa vez recheado de inspirações para aplicar a forte tendência do degradê (ou ombré, se preferir) na decoração. Como ela se estende também ao vestuário, calçados, etc, imaginem como eu fiquei aqui salvando um monte de imagens de todas essas áreas no computador!

Vocês gostam quando esse tipo de post vem acompanhado de links para saber onde comprar? Posso começar a acrescentar essa parte nos próximos. :)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Eu gosto demais dessa coisa de definir o ano inteiro em uma cor. Sei lá,  junto com a lista de metas parece que a cor ajuda a delimitar melhor os meses, dizer pra gente que sim, chegou 2013, chegou uma nova história. Viajo demais?

A Pantone segue esse ritual de soltar na mídia a cor do ano, e para 2013, depois de muito trabalho e pesquisa, a escolhida foi a Pantone Emerald 17-5641, um tom de verde só um pouquinho puxado para o azul, nem muito vivo nem muito opaco, nem muito claro nem muito escuro. Corri no Pinterest e procurei fotos principalmente de decoração, mas também tem espaço para papelaria e padronagem. O resultado é um mural de inspiração que ficou todo uniforme e bonito:

Por coincidência eu já aderi à tendência com a minha canequinha de lápis e canetas, empoeiradinha que só:

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Minha cor favorita é o amarelo, conheço poucas pessoas que gostam tanto dessa cor como eu. Não sei explicar, acho bonita de se ver, é uma cor que alegra, é chamativa e a cara dos dias claros e ensolarados na medida certa. Há um tempo atrás eu venho reparando nas combinações do amarelo com o cinza, em todos os cantos: design, roupas e decoração.

O cinza é super versátil e se dá bem com várias outras matizes, inclusive até quero fazer um post sobre ele. “Mas a perfeição cinza + amarelo também tem uma explicaçãozinha: o amarelo é a cor pigmento mais viva, e no espectro luminoso, ela é a que mais se aproxima do branco. No preto, o amarelo adquire sua potência máxima de luminosidade, e no branco, quase não tem destaque. Ou seja, no meio termo (o cinza, principalmente se for o cinza neutro) o amarelo fica equilibrado. Luminoso, mas não tanto quanto no preto.”

Juntei várias fotos e fiz algumas anotações nos detalhes, pra vocês não deixarem os detalhes passarem despercebidos e usá-los como ideias. ;)

 

O trecho entre aspas e em itálico é um complemento muito bom que a leitora Lídia fez nos comentários. :)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+