Tag: cole porter - Melhor Ângulo

Ontem assisti o filme Meia-Noite em Paris, do diretor Woody Allen, em cartaz no Brasil há algumas semanas. Trata-se da história do escritor e roteirista Gil Pender (Owen Wilson) e Inez (Rachel McAdams), um casal que vai à Paris aproveitando a carona dos pais de Inez, que foram a negócios. Gil se mostra completamente apaixonado pela cidade (principalmente quando está chovendo), enquanto Inez é cética sobre a visão do noivo, mas não só nesse ponto, ela inclusive tem o hábito de diminuí-lo sempre que tem a oportunidade, o que me deixou muito incomodado. Gil começa a andar pela cidade à noite e apreciá-la, adquirindo um pouco de inspiração, até que é convidado a entrar em um carro e se surpreende com o que acontece a seguir.

Meia-Noite em Paris

O filme começa com uma espécie de apresentação da Cidade Luz, que funciona para fazer o espectador mergulhar no mundinho onde a história se passará e comprova como Paris é irritantemente linda. Talvez esses primeiros minutos sejam a primeira dica de que o enredo incentiva uma importante reflexão: a de que muitas vezes idealizamos demais um momento de nossas vidas, muitas vezes pensando que o passado foi mais interessante ou mágico do que agora, mas a verdade é que a época de ouro dos nossos sonhos provavelmente também não era tão valorizada pelos que viviam nela.

Gil se dá conta disso quando em uma de suas várias viagens no tempo (sim, isso mesmo) conhece Adriana, uma estudante de moda que ilumina seus pensamentos, quando ele também é apresentado a grandes artistas e escritores da década de 20, como Salvador Dalí, Pablo Picasso, F. Scott Fitzgerald, Cole Porter, Ernest Hemingway e Gertrud Stein. É claro que Gil é antissocial e cabeça dura, afinal é mais um dos personagens que encarnam um pouco da personalidade do próprio diretor e roteirista Woody Allen, famoso por essas e outras características. Por isso é interessante tentar prever as atitudes que ele terá após passar por essa experiência no mínimo intrigante.

Trailer

A fotografia de Meia-Noite em Paris é iluminada e amarelada, bem a cara de Woody e combina bastante com o sentimento de nostalgia. A semelhança dos atores com os artistas está incrível, é o tipo de filme indicado por professores de artes para fins de curiosidade, sabe? O elenco conta ainda com Marion Cotillard, Tom Hiddleston, Adrien Brody, Kathy Bates e Carla Bruni, atual primeira dama francesa.

Meia-Noite em Paris

Meia-Noite em Paris

Meia-Noite em Paris

Meia-Noite em Paris

Meia-Noite em Paris

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+