Tag: analógica - Melhor Ângulo

Eu estava reparando… Até hoje foram só 2 posts do tipo “Flickr do dia” aqui no blog! Como assim? Acho que eu tinha uma outra impressão porque no início do blog sempre rolava aquele “Passeando pelo Flickr“, com vários fotógrafos no mesmo post, lembram? De qual formato vocês gostam mais? :)

Aproveitei e resolvi voltar à ativa – depois de uma semana focado no design e a outra do feriado de Carnaval – mostrando o trabalho de Katrina Shafer, uma fotógrafa amadora que registra principalmente a rotina e suas viagens; quase não gosto de fotos desse tipo, né? Hahaha

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Zé Zorzan

Imagine a cena: Alguns parentes chegam, ou amigos, ou a(o) namorada(o), e em algum momento da conversa um deles sugere que o outro pegue os álbuns antigos da família para relembrar as festas de aniversário, as viagens à praia, as gestações… todos ali em volta do sofá folheando as fotos protegidas por películas de plástico transparente. De repente, uma das crianças mais novas da família chega do quarto entediada com a programação ruim na TV e ao vê-la, a mesma pessoa que sugeriu o álbum, agora tem a ideia de ver as fotos da criança quando ela era recém-nascida, coisa de 4 anos atrás: “Vamos lá no computador que o Sebastião Roberto pode parar o trabalho da escola um pouquinho pra gente ver.” “Pelo amor de Deus, passa isso mais devagar, Tião!”

Perceberam a diferença? Com certeza isso já aconteceu com você ou perto de você, né?

Não que eu sou contra a fotografia digital, muito longe disso. Mas eu sinto falta de como era mais interessante tirar uma hora de um domingo para sentar no sofá depois de um banho, pegar a caixa de sapato cheia de álbuns de 1900 e guaraná de rolha e olhar com calma, uma por uma, apreciando. No computador, você senta na mesma cadeira que leu e-mails estressantes e que passou horas procrastinando no Facebook, nem um pouco sagrado para um momento que deveria ser relaxante e perceptivo.

Foi pensando nisso que eu decidi começar o projeto-campanha 11 Por Mês, que se resume basicamente em imprimir 11 fotos, em cada um dos 12 meses a partir de 2013, ou seja, para a vida toda! O resultado será um punhado com 132 fotos representando o ano todo, o que é uma quantidade mais do que suficiente, não acham?

Sem regras, sem necessidade de planejar e clicar fotos especialmente para o projeto. Apenas fotografe durante o mês. Quando ele estiver em seus últimos dias, sente no computador, selecione as 11 mais legais e leve para imprimir! Não precisam ser fotos dignas de Flickr, basta serem registros: dos amigos na festa aos felinos no Instagram.

Como prometi, resolvi usar esse tema para gravar o primeiro vídeo do blog onde eu apareço, hahaha. Nele eu explico basicamente o que já está escrito no post, mas vale assistir. Só não reparem: eu estava com vergonha.

O projeto tinha uma intenção mais pessoal no início, mas decidi tentar cultivar a ideia e ver se mais pessoas topam encher as caixas de sapato comigo. Para isso, convidei alguns blogueiros e vocês leitores para escreverem sobre o projeto e tentarem comigo! Basta postar todo fim de mês falando sobre as fotos escolhidas e mostrando elas bonitinhas e impressas para os leitores. Caso não queira explicar como o projeto funciona, criei uma página específica para isso, é só deixar o link no post. :)

E se quiser clicar suas 11 fotos reunidas e postar no Instagram ou Twitter, não se esqueça de usar a tag #11pormesNa fan page do blog também tem uma imagem para compartilhar o projeto-campanha com seus amigos e incentivá-los a aderir!

É isso, não espero um grande sucesso, mas não quis privar todo esse pensamento comigo, juntem-se a mim nesse propósito! Espalhem essa ideia!

Por uma memória melhor documentada.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Olle Ericksson (foto abaixo) é um fotógrafo focado no cotidiano nascido em Arvika e que hoje mora em Estocolmo, ambas cidades suecas. Gosta do céu cheio de estrelas, chá de baunilha e rooibos, sua cama, a cor verde, bananas, cafés da manhã, Berlin, leite sueco, trens, grandes suéteres, longas caminhadas e chocolate. Curte também o trabalho de Sufjan Stevens, Douglas Coupland, Chan-Wook Park e Woody Allen.

As fotos são feitas em maioria com suas várias câmeras analógicas e também com sua Nikon D90 digital. Os temas não são muito surpreendentes, é bem dia-a-dia mesmo: amigos, flores, retratos, passeios e shows. Se você gosta de fotografia analógica dessas bem reblogáveis no Tumblr, toma aí um prato cheio:

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+