Tag: 126 - Melhor Ângulo

Andre Hsiao

Tá que a gente adora fotografia analógica e morre de desejo pelas câmeras da Lomography ou mesmo algumas SLR clássicas. Mas quem aí nunca se deparou com a dúvida dos vários formatos formatos de filmes que existem por aí? Quais as diferenças entre eles? E os nomes?

O post de hoje iria ao ar uma hora ou outra, mas resolvi fazer de uma vez a pedido da Therry, minha amiga das internetas. Ela encontrou em casa uma câmera analógica da Turma da Mônica e tá louca da Silva para colocar um filme e sair fotografando. Hoje vocês e ela vão entender como tudo funciona. ;)

135: O filme 135 é o formato de filme mais usado nas câmeras analógicas hoje, suas fotos de família mais recentes guardadas naquelas caixas de sapato com certeza foram feitas com ele! Ele é mais conhecido como 35mm porque essa é aproximadamente a largura do filme e ele é muito fácil de encontrar: lojas de fotografia, óticas ou bancas de jornal geralmente vendem.

Fisicamente, o filme fica enrolado em uma bobina de plástico para protegê-lo da luz. Os buraquinhos em cima e embaixo ajudam na hora de colocar o filme na câmera (caso ela possua aquele auto relevo para encaixar os buraquinhos), e dão segurança, para que ele não fique solto dançando lá dentro.

120 e 220: O filme 120 está na categoria dos filmes de médio formado, mas a película em si não é muito diferente do 35mm, ele é apenas cortado e embalado de outra forma. Ao invés de vir dentro de uma bobina, ele é enrolado por fora dela e a proteção da luz é feita por uma camada de papel que cobre toda a extensão do filme.

As câmeras que usam o 120 podem fotografar em dois formatos: 60x60mm (quadrado, gerando 12 poses) ou 4,5x60mm (retangular, gerando 15 poses). Diana F+ e Holga 120 PAN são exemplos de câmeras que fotografam em 120.

Mas e o 220, Zé? Resumidamente, o 220 tem o dobro de filme do 120, ou seja, o dobro de poses. Hoje em dia ele não mais fabricado, mas ainda dá pra encontrar alguma coisa no Ebay.

110 e 126: Os filmes 110 e 126 foram lançados pela Kodak nas décadas de 60 e 70, são muito fáceis de colocar e tirar das câmeras e foram muito utilizados na linha Kodak Instamatic. O 126 era utilizado na câmeras maiores da linha e fazia fotos 26x26mm (quadradas). Hoje ele não é mais fabricado. O 110 era particularmente dedicado aos modelos “pocket” das Instamatic’s, ou seja, menores que as originais, para serem levadas para todo lugar.

Hoje, a Lomography possui em seu catálogo a Fisheye Baby, que utiliza filmes 110 também fabricados por eles. Por ser bem pequeno (13mm), as fotos não podem ser muito ampliadas e o ruído é quase sempre bem forte, mas aí vai do gosto pessoal de cada um. ;)

Antes de comprar uma câmera analógica, pesquise sobre qual filme ela utiliza para já saber em que barco está entrando. E ao comprar o filme, lembre-se sempre de ler as informações na caixinha; lá você encontra a sensibilidade, o tamanho, a quantidade de poses e também algumas recomendações para preservar o filme e não perder suas fotos.

Espero que tenham gostado do post. :)

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+