25 • junho • 2012

E lá vamos nós para o terceiro sorteio do blog, dessa vez voltado exclusivamente para as leitoras (muita calma, guris, prometo trazer um só pra vocês também)! A loja que patrocina essa chance é a Cellophane, especializada em acessórios femininos, imagens e itens decorativos focados nos mais variados temas, desde cinema e música até gastronomia e… fotografia!

Antes mesmo de abrir os pacotes da loja já é possível ver todo o cuidado tido na hora de embalar os produtos, tudo feito com cuidado e carinho pra te enfeitiçar de verdade, deixar aquela vontade de comprar mais uma coisinha outra hora.

Agora, damas, que tal ganhar um colar com pingente de câmera DSLR da Cellophane? Ela é toda preta com detalhes em dourado, assim como a corrente, olha só:

Para participar do sorteio, você pode escolher o método que tem mais afinidade: via Twitter ou via Facebook. Vale escolher um deles ou os dois, para ter duas chances de ganhar.

Participando pelo Facebook:
Curta a página do Melhor Ângulo
Curta a página da Cellophane
Compartilhe essa imagem
Depois de passar pelos itens acima, comente nesse post com um “Participei pelo Facebook”

Participando pelo Twitter
Siga os perfis do Melhor Ângulo: @melhorangulo e @zfeelings
Siga o perfil da Cellophane: @cellophaneshop
Twitte ou retwitte a frase: “Quero o colar de câmera que o @zfeelings, @melhorangulo e @cellophaneshop estão sorteando. Dê RT e participe também! http://kingo.to/17Vv
Depois de passar pelos itens acima, comente nesse post com um “Participei pelo Twitter!”

IMPORTANTE: Se participar com os dois métodos, faça os dois comentários: “Participei pelo Facebook” e “Participei pelo Twitter”, para a chance dupla ficar valendo. É bom lembrar que as regras devem ser seguidas, no dia do sorteio eu vou verificar direitinho se a pessoa cumpriu.

O resultado sai numa segunda, dia 16 de julho, nos Twitters do blog (@melhorangulo e @zfeelings) e aqui no blog. Boa sorte!

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:



21 • junho • 2012

Uma vez por semana o Melhor Ângulo traz um post de inspiração para determinado tema, que pode ser sugerido por vocês aí embaixo nos comentários, por e-mail ou nas redes sociais do blog. Posts assim treinam seu olhar para a fotografia e te fazem adquirir cada vez mais bom gosto com o tempo, acredite!

O tema de hoje é “inverno”, estação que começou ontem sem muito frio, pelo menos aqui nas minhas bandas. Mas inverno é inverno, uma hora vai rolar aquele frio bom para entrar debaixo de um cobertor com uma caneca de chocolate quente do lado. :)

As fotos são sempre ou quase sempre retiradas do Flickr e estão com seus respectivos links caso queiram vasculhar pelas galerias dos fotógrafos! Olha só:

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:



20 • junho • 2012

Você já leu sobre exposição e entendeu como funciona a abertura do diafragma. Hoje a gente continua nossa série “Fotografia do começo” com o tema “velocidade do obturador”.

O obturador é uma espécie de cortina dentro da câmera por onde a luz passa e chega até o sensor digital ou ao frame do filme (se você está usando uma analógica). A tarefa do fotógrafo é definir o tempo que ele ficará aberto, ou seja, a velocidade do “abrir e fechar” do obturador, para que a quantidade correta de luz entre no mecanismo da câmera.

Como estamos falando de tempo, a unidade de medida da velocidade do obturador é o segundo (s), indo das frações de segundo até às longas exposições de minutos e até horas, por exemplo: 1/100s (1 segundo dividido por 100), 1/2000s (1 segundo por 2000), 5s (5 segundos). Na câmera, as velocidades vêm assim:

Quem lembra daquele post de abril onde eu mostrei como as fotografias “congeladas” são feitas? Pois é, a velocidade do obturador é crucial na hora de criar uma foto desse tipo, afinal a finalidade é parar aquele milésimo de segundo em questão. Num ambiente bastante claro, 1/500s já é o suficiente para começar a parar o tempo, mas é claro que o valor pode variar de acordo com o objeto fotografado. Por exemplo: um beija-flor bate as asas muito mais rápido do que você aí abanando os braços com a intenção de imitar um pássaro, ou seja, o beija-flor vai requerer uma velocidade maior. Tudo isso tem que ser levado em conta.

Da mesma forma, principalmente em fotos noturnas, você vai precisar deixar a câmera exposta por mais tempo para conseguir um resultado legal, e isso deve ser feito sempre com a ajuda de um tripé ou um apoio para evitar “tremidos” na foto. Logicamente, não vale aparecer bem no meio da cena e começar a dançar, porque você vai virar apenas um borrão; faça coisas do tipo apenas se for intenção, como aquelas fotos de grandes avenidas em movimento, tipo essas:

Então você leu o post sobre diafragma e está confundindo a função dele com a do obturador? Saiba que eles trabalham em conjunto para que a quantidade de luz que passa pelo obturador seja bem controlada. Basicamente um compensa o outro, é como algumas continhas de 2ª série:

Imagine que a câmera precise de uma quantidade 12 de luz para formar uma foto. Para isso, eu posso deixar o diafragma numa abertura 5 e a velocidade 7 para que juntos, o resultado seja o número 12 que eu procuro. Mas isso não impede uma configuração de abertura 9 e velocidade 3, o importante é que dê 12! Na prática, se o diafragma está aberto no máximo, mais luz entra e consequentemente, menos tempo o obturador precisa ficar aberto para a foto sair. Do mesmo modo que, se eu quero uma exposição mais longa (velocidade menor), eu preciso diminuir a abertura do diafragma. Tudo questão de cooperação entre as duas variáveis.

Li, reli, revisei e “rerevisei” o post, acho que ficou o mais claro que eu consegui. Entenderam como funciona a velocidade e como ela trabalha com a abertura? Qualquer dúvida é só comentar, ok? O próximo post será sobre ISO,a terceira ponta do triângulo para uma boa exposição, não suma do M.A. para não perder!

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:



20 • junho • 2012

E não é que o dia chegou? Finalmente a McDonald’s deixou claro que seus hambúrgueres e outros produtos são sim cuidadosamente montados e fotografados para parecerem mais interessantes ao nosso estômago. O vídeo encabeçado pela diretora de marketing da rede de fast food explica que eles estão respondendo à perguntas dos próprios clientes, mas a gente sabe que isso é bem pretesto pra fazer um buzz, tanto que só se fala disso nas redes sociais desde hoje pela manhã.

O que interessa é que o vídeo foi muito bem feito e mostra um pouco sobre fotografia de comida, legal pra quem tem um pé na cozinha e o outro no estúdio. Já dei joinha (como essa palavra irrita nos comentários do YouTube!) no vídeo, assiste aí também:

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe: