Melhor Ângulo - Fotografia, decoração, design e tudo o que me inspira!

Black Friday Cupons Mágicos

É só entrar novembro que a gente já fica cria uma nota mental pra lembrar da última sexta do mês, quando todo mundo vai pra frente do computador correr atrás dos melhores preços pros presentes de Natal ou desejos acumulados durante o ano. É a Black Friday, minha gente!

Como aconteceu em 2014, o pessoal do Cupons Mágicos me chamou pra divulgar o trabalho super bacana que eles sempre fazem nesse dia. A wishlist criada no hotsite especial do ano passado me ajudou a arrematar a TV que eu tenho hoje por exemplo, num preço que eu definitivamente não esperava. Dessa vez eles prepararam essa página onde estão reunidas as melhores ofertas e cupons das lojas confiáveis participantes do evento, um agregador que vai te ajudar nessa missão de encontrar a promoção mais vantajosa, sem precisar procurar de loja em loja. E não é qualquer uma não, a gente tá falando das grandes mesmo: Submarino, Ponto Frio, Americanas, C&A, Renner, e por aí vai. Ah, e dá pra filtrar por categoria ou tipo de oferta, o que ajuda se você é mais espontâneo e não sabe ainda o que quer comprar, só sabe que quer! ;)

Pra não perder a tradição, fiz uma nova wishlist com o que eu vou correr atrás dessa vez, tem de item fotográfico até coisa de dono de casa, afinal sou um desses. Corre lá pra ver o que tem de melhor pra sua necessidade nesse dia lindo, sem precisar lotar seu navegador de abas!

Black Friday Cupons Mágicos

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Estamos todos sozinhos. Esse é o ponto de partida que o ilustrador Belhoula Amir escolheu para uma série de ilustrações delicadas e significativas chamada “Alone”. Vi as imagens ouvindo Lana del Rey, então dá pra imaginar a reflexão que isso gerou, né?

Se você já parou pra pensar nisso, com certeza percebeu que nós realmente estamos sozinhos nesse mundo. Mesmo amando e sendo amados, tendo amigos, família, namorados e namoradas, esposas e maridos, cachorros e gatos, no fim ninguém vai embora com a gente. Ser ou estar sozinho não é necessariamente ruim, a gente precisa sim de um tempo, de se curtir, se amar. Fico me perguntando se Belhoula quis instigar um insight nas pessoas: você se dá o valor que merece? Você cuida de você como se fosse a única pessoa no mundo?

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Se você também se apaixonou pela estética poética do ilustrador, vem ver também essa série derivada onde dá pra perceber que os heróis também estão sozinhos! É só clicar na imagem abaixo:

A Lonely God

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Araras

Ando muito inspirado a mudar algumas coisas no meu apartamento. Desde que eu me mudei em 2013 nunca consegui deixar ele do jeitinho que eu sempre quis, por questão de prioridades mesmo: contas primeiro, caprichos depois. Hoje a situação não anda muito diferente, mas tô tendo a oportunidade de me dedicar um pouco mais à decoração do meu cantinho, e é nessa vibe que eu começo hoje uma série de posts no blog chamada “Quero no meu apê”, falando de coisas que eu quero muito aplicar por aqui (cê jura?).

Pra começar, tô num momento de desapego. Já não tenho muita coisa, mas esse pouco já me incomoda em alguns aspectos. Livros que nunca li, revistas de 3 anos atrás, presentes que não combinam muito comigo… mas principalmente os móveis. Peguei uma coisa de cada cômodo da casa dos meus pais quando vim pra Juiz de Fora e de lá pra cá só investi em uma mesa nova pra trabalhar. Deles, o móvel que mais me frustra com certeza é o guarda-roupa, típico de Casas Bahia, naquela cor marfim. Mas como não tenho dinheiro no momento pra comprar um armário novo do jeito que eu gostaria, ando pensando muito em montar um mini closet aberto num canto-quadrado-meio-inútil do meu quarto.

Prateleiras superiores para as roupas de cama, inferiores para sapatos e bottoms, e uma belezinha de arara para as outras peças de roupa. As araras sempre me fascinaram, porque sempre vi os cabides cheios de roupas como um plus na decoração que acaba escondido no armário. Além de baratas pra quem quer comprar, dá pra fazer uma em casa com pouco material e money! Separei algumas inspirações no Pinterest pra me inspirar e decidir como vou fazer a minha, será que não é uma boa ideia pra você também?

Moodboard araras

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Andres Marti

Me deparei há algumas semanas com uma foto do artista Andres Marti no Flickr, e ela me chamou tanta atenção que eu já soube de cara que ele um dia seria pauta aqui no blog.

O Andres é de Bogotá, capital da Colômbia, e de lá ele trabalha numa espécie de estúdio chamado Comes Cake, especializado em produções de moda bem diferentonas que vão parar em catálogos de produtos, com direito a muitas cores pastel e uma misturinha de minimalismo e colagens que o artista consegue conciliar muito bem. Mas particularmente eu me apaixonei mesmo foi pelos trabalhos pessoais que eu encontrei no Flickr dele: é uma série de fotos onde vários modelos aparecem desligados do mundo, melancólicos e pálidos, mas com os olhos e narizes sempre bem vermelhos. Além disso, sempre rola uma interferência: objetos que cruzam os corpos dos modelos, tecidos, plásticos ou colagens e traços inseridos na pós produção. Quando colocadas juntas, dá pra notar nas fotos o quanto o projeto é único e poderia muito bem estar exposto em alguma galeria do mundo. Olha só:

Andres Marti

Andres Marti

Andres Marti

Andres Marti

Andres Marti

Andres Marti

Andres Marti

Andres Marti

Ah, e pra quem gosta de saber um pouco do lado técnico, o Andres faz tudo isso com uma Canon T2i e a lente do kit! Só um exemplo de que o equipamento nem sempre é o que mais importa, e sim todo o conjunto do artista: das outras habilidades que ele tem à todo o repertório e conjunto de referências que ele construiu ao longo da vida.

Para acompanhar: Flickr. Tumblr. Instagram.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+