08 • abril • 2014

Melhor Ângulo versão 2014

Quando eu fechei o blog no fim de janeiro, fiz isso para descansar e colocar as ideias no lugar, planejar com calma como eu iria transformar planos em prática. Percebi que tirar tudo o que eu penso do papel vai demorar muito mais que dois meses de hiato, porque quando se trata do Melhor Ângulo, pode ter certeza que estou tentando agradar meu maior cliente: eu mesmo. Decidi então realizar aos poucos meus desejos para o blog, e sendo mais abrangente, para meu espaço na internet como um todo: portfólio, redes sociais, etc.

O primeiro passo está bem na frente de vocês: novo layout e nova identidade. Como eu já comentei outras vezes, quando eu faço uma versão inédita para o Melhor Ângulo, eu busco trazer pelo menos um detalhe diferente do que a gente vê por aí, algo que marque presença entre as dezenas de layouts parecidíssimos da blogosfera.

Versões MA

Versões do Melhor Ângulo. Você lembra de todas?

Com esse pensamento em mente, descartei uma série de esboços, fiz, refiz, e no fim das contas o que acabava me incomodando era a dificuldade de conciliar logotipo e slides no topo, sem repetir a estrutura da versão anterior e sem ocupar tanto o header. Foi aí que me bateu uma luz: por que não unir os dois? Agora cada slide também tem o logotipo do blog, com cores escolhidas de acordo com a imagem de fundo, que, obviamente, ilustra o post em questão. Essa sacada me animou tanto que logo depois pensei nas categorias dispostas nos círculos coloridos e a partir daí a página inicial ficou pronta em tempo recorde. :)

Identidade visual

Eu estava um pouco cansado da tipografia até então usada no logotipo do MA. A fonte em 2011 era novidade, mas agora, três anos depois, já vi ela passeando por 300 lugares. Não que a nova não esteja sendo usada aos montes também, mas o fato de ela ser mais clássica e similar a outras fontes sem serifa me pareceu uma opção mais atemporal e segura, pra usar por um bom tempo. O diferencial está na variação de paletas que o logotipo pode receber, e pra mim essa é a parte mais legal!

Como um apaixonado por cores, eu nunca gostei muito de viver limitado a três ou quatro delas. A nova identidade do blog tem sim sua paleta-base (abaixo), mas a ideia aqui é que ela não seja usada o tempo inteiro, que eu possa fazer novas combinações quando eu quiser, afinal o conteúdo de um blog muda todos os dias e a gente precisa se adaptar a isso, certo?

Paleta MA 2014

Novidades

  • A área de posts agora tem 800 px de largura, ou seja: fotos gigantes, afinal estamos falando de um blog cheio de imagens e inspirações, não dá pra perder os detalhes por causa do tamanho das imagens.
  • No header estão as principais categorias do blog, mas na sidebar ou mesmo na página de arquivos você encontra todas as outras, que no total somam 30.
  • Agora você pode receber os novos posts por e-mail assinando a newsletter na sidebar. Essa é uma boa opção pra quem checa mais o e-mail do que o Feedly ou o Bloglovin’, por exemplo.
  • Os posts relacionados agora estão mais bonitos, e vocês agora tem mais opções de redes sociais para compartilhamento.
  • O rodapé continua tendo o menu rápido, as informações mais sérias do blog e um botão para voltar ao topo, essencial para não ficar todo mundo que nem bobo rolando o scroll do mouse em casa.

Conteúdo

Como eu falei aqui, eu gosto de postagens onde eu falo do que realmente pode acrescentar. Menos fotos de outros fotógrafos para ilustrar os posts, mais fotos feitas por mim. Parar de insistir em escrever em categorias que não são meu forte e focar nas que de fato me deixam animado a clicar em Novo post. Ter a liberdade de falar sobre uma peça de roupa ou a polêmica da semana, mesmo que o blog não foque em moda ou comportamento.

Não vejo mais o sentido de “Melhor Ângulo” como a expressão relacionada à fotografia. Pra mim agora é muito mais sobre otimismo, sobre deixar aqui uma dose diária de coisas bonitas, um pouco do “melhor ângulo” da vida, arrisco dizer. Também quero tentar trazer um pouquinho mais da essência original da blogosfera, de quando os blogs eram mais pessoais e traziam mais opiniões, contavam um pouco mais da vida do dono. Meu objetivo é deixar um pouco mais de mim nas entrelinhas, quero um blog sobre o que inspira o Zé em vez de um simples blog de inspiração. ;)

Redes sociais

Cada grupo de redes sociais tem um objetivo: FacebookTwitter e Instagram são encarregados de divulgar os novos posts do blog e muito mais conteúdo, selecionado exclusivamente para cada um. O Twitter até hoje ficou meio de fora dessa proposta, mas tenho muitos planos para ele. O Instagram é legal porque mostra os bastidores do blog, e o Facebook agora terá um sistema de imagens muito mais conciso com a nova identidade visual. Só pra vocês terem uma ideia, olhem como os novos posts serão anunciados por lá:

FB Variações

Responsáveis pela inspiração fora do blog, Pinterest (decoração, design, ilustração) e WeHeartIt (fotografia) dão conta do recado. O grupo no Flickr é uma das formas de interação: basta postar suas fotos por lá e você tem a chance de aparecer no blog naquela nossa seleção mensal. Por fim, os vídeos no canal do Youtube ainda estão escassos, mas se inscreva lá pra não perder nada. E por falar em não perder nada,  o Feed RSS, Feedly e BlogLovin’ tão aí pra isso: nada de não ler post novo, ok?

Lembrando que a programação do layout foi feita pela Therry, amiga e programadora oficial do MA. Algumas páginas ainda não estão prontas, e eu estou ciente do slide alinhado à esquerda em monitores maiores, mas isso vai se ajeitando durante a semana.

Agora eu quero é saber de vocês: o que acharam da nova versão? Sentiram saudades do blog? Têm alguma sugestão, perceberam algum erro? Me contem tudo nos comentários que eu tô super curioso pra saber a opinião de todo mundo!

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:



15 • janeiro • 2014

Pés na água

Eu sempre fui fascinado pelas estações do ano. Tenho uma lembrança em especial da minha infância, onde eu, pirralho, coloria um desenho (daqueles mimeografados) com uma mesma paisagem no outono, inverno, primavera e verão. Achava interessante, sabe? Como podiam ser tão diferentes? Mais tarde eu entenderia porque não nevava na minha cidade, ou porque as flores não desabrochavam da noite pro dia: alguém me explicou que no hemisfério sul as estações não eram tão divididinhas, que o verão e o inverno eram as que mais davam para sentir na pele.

A partir daí as duas começaram uma briga sem fim pela minha preferência. Ainda criança, preferia o verão porque era sinônimo de férias, achava mais divertido e tinha mais ânimo para inventar moda em casa: fazer picolé, tomar banho de mangueira, brincar até tarde na rua. Já maior, eu me vi uma dessas pessoas que dizem amar o inverno e são irredutíveis sobre isso. Era só chegar o fim do ano que o sentimento bom de festas entrava em conflito com o calor e me deixava mal humorado, implicante e reclamão.

vani verão (1) vani verão (2)
vani verão (3) vani verão (4)

Percebi também que era influenciado pelos clichês “no inverno as pessoas se vestem melhor” ou “no inverno dá pra ficar debaixo do cobertor vendo um filminho e comendo pipoca”, mas a verdade era que com meus 12 anos de idade minhas roupas ainda eram escolhidas pela minha mãe (pense num armário todo azul marinho) e eu raramente assistia filmes a não ser os da Sessão da Tarde.

Passei anos assim, dizendo a todos os cantos que o inverno sambava no verão, até que há alguns meses eu lembrei de todo esse meu histórico com as estações e decidi reparar melhor no que acontecia em cada uma delas. Descobri que assim como tudo na vida, o inverno tem seus contras e o verão por incrível que pareça tem seus prós, características essas que não vou citar aqui porque continuo achando que é uma questão de opinião, e de bagagem. Já parou por exemplo pra pensar que coisas incríveis (ou não) que te aconteceram em determinado mês podem ter te ajudado a construir essa preferência?

Em vez de reclamar no Twitter como fiz um dia desses, aprendi que dá para sobreviver ao verão com um conjunto de 5 coisas simples: um ventilador, bermudas, sucos de frutas (gelo extra), banhos frios e um bom óculos de sol. E digo mais: se eu sair por aí me sentindo bem comigo mesmo, não há suor que vai me vencer!

vani verão (1) vani verão (2)
vani verão (3) vani verão (4)

Parece uma explosão de otimismo, né? Chega a soar estranho e pode gerar até uma vergonha alheia em algum de vocês, mas acho que aquela fase adolescente de reclamar de tudo já passou pra mim. As responsabilidades na vida de um rapaz de 21 anos só vão crescendo, e com elas as coisas vão ficando mais sérias, difíceis e estressantes. Não dá pra se fechar num cômodo de negatividade num cenário assim, sabe? Aos 15 eu disse a mim mesmo que nunca mais seria o garoto influenciável e sem personalidade que eu era. Ainda hoje me restam alguns obstáculos para chegar ao 100% eu mesmo, e foi com um exemplo simples como o do verão que eu quis compartilhar duas das minhas conquistas mais recentes: descobrir que tudo bem mudar de ideia e que é possível ser mais positivo sobre a vida.

E você, o que pensa sobre o verão?

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:



07 • janeiro • 2014
Presentes

Foto por Half Girl

Eu nunca tinha feito uma wishlist de aniversário, Natal, dia das crianças, nada disso aqui no blog. Mas eu venho inspirado especialmente em 2014 para presentear meus parentes e amigos, e aproveitando o início do ano e meu bday que está chegando (dia 30), resolvi encarar minha pasta “Compras” nos favoritos do Chrome — repleta de links de coisas que eu nem lembrava que queria mais! —, organizar tudinho e montar essa lista, acrescentando alguns desejos recentes que não tive tempo de pesquisar antes.

Acho que não tem necessidade, mas quero deixar claro que não estou pedindo nada disso a vocês só porque eu tenho caixa postal, ok? Ter tido todo esse trabalho vai ajudar mais é a mim mesmo quando eu tiver uma graninha extra no decorrer do ano e estiver a fim de comprar alguma dessas coisas. Mas de qualquer forma, dedico esse post à minha mãe, porque essa sim certamente receberá o link da wishlist no chat do Facebook dela. ;)

Wishlist de aniversário

Livraria

  1. Essa semana eu resolvi pesquisar por dois livros que me lembram muito a minha infância, livros que a gente pegava aleatoriamente na biblioteca e lia pra aula de português, mas com o diferencial de que esses em especial eu li mais de uma vez na época, de tanto que eu adorava. E-mãe – A Internet Me Aprontou Uma é narrado pela rabugenta Ana e mostra sua evolução enquanto luta para aceitar a nova namorada do pai divorciado.
  2. Pacto de Sangue é outro que li e reli. Conta a história de três amigos que encontram uma maleta misteriosa e fazem um pacto relacionado à ela (não lembro bem se é para não abrir ou para não desistir de descobrir o dono). Chegamos até a fazer um teatrinho na época, com direito a roteiro adaptado, hahaha.
  3. My Adventure Book, inspirado no filme Up – Altas Aventuras;
  4. Paris versus New York: A Tally of Two Cities (já apareceu aqui no blog);
  5. Box com as 6 temporadas de Sex and the City, uma das minhas séries favoritas;
  6. Box com a trilogia Jogos Vorazes, uma obsessão recente.
  7. Um pouco de estudo com o Brand Thinking and Other Noble Pursuits e o número 9;
  8. Recentemente a Mel do A Series of Serendipity falou sobre o Q&A a Day e eu que sou apaixonado por esse tipo de livro (?) quis na hora;
  9. Elegantissima: The Design and Typography of Louise Fili;
  10. Esse eu vou ter uma hora ou outra na vida. As 10 temporadas de Friends nesse box vermelho lindo, o único em que as capas dos DVDs são como nas temporadas individuais, muito mais bonitas.
  11. Mais um que a Mel indicou, mas que eu estou querendo já há muito tempo: One Line a Day.

Cozinha

  1. Eu ia comprar essa garrafinha retrô para leite hoje mesmo, mas me surpreendi com uma taxa de outra compra nos Correios e tive que usar o dinheiro. Teve que voltar para a wishlist. :(
  2. Uma panelinha de cerâmica charmosa e fácil de lavar para fazer brigadeiro ou chocolate quente naqueles dias que a gente só quer comer, mas lavar a louça nem pensar;
  3. Esse conjunto de bowls coloridos vive desaparecendo do site do Shoptime, agora mesmo ele só está disponível em kits. :( Mas acho que uma hora volta pro estoque, e aí eu vou querer com certeza.
  4. Nota mental: ser bem sucedido na vida com o objetivo de comprar uma KitchenAid. Lembrar de decidir entre uma vermelha, azul ou amarela.

Decoração

  1. Almofada Mapa Mundi, porque eu adoro mapas, globos e coisas do tipo;
  2. Uma cadeira confortável devidamente desenhada para um escritório, essa é necessidade e minhas costas agradecem;
  3. A moldura linda e amarela de Friends para meu futuro apartamento com porta roxa;
  4. Almofada Pop Art Wonder Warhol;
  5. Uma cadeira de design Charles Eames (no futuro as 4 ou 6 de uma mesa) para deixar a cozinha mais bonita;
  6. Terceira almofada, essa provando que eu também adoro bicicletas.

Vestuário

Aqui eu não vou nem listar os itens, porque são poucos e todos salvos num dia que eu estava fuçando a ASOS de cabo a rabo. Primeiro um cinto discreto, um óculos com pegada navy e muitos bonés, porque eu descobri que fico bem usando e agora quero todos: 4, 5, 6 e 7.

Outros

  1. Preciso de uma mochila nova, porque não quero esperar a minha estragar e ficar sempre só com uma peça. Indeciso sobre qual eu acho mais bonita, essa toda preta botonê ou a número 4;
  2. Amigos ricos, essa é pra vocês: marcadores Copic na minha vida pra já, por favor;
  3. Perfume 212 Vip Men, Carolina Herrera, para me lembrar de bons momentos;
  4. Mochila cinza da Imaginarium;
  5. Bolsa para câmera tipo carteiro Jaiminho;
  6. Uma câmera analógica “nova” para chamar de minha! Venho reparando muito nas fotos feitas por aí com a Canon AE-1 e ando apaixonado, viu? Em breve quero começar a fuçar o Mercado Livre à procura de uma bem lindona.
  7. Washi tapes gente, de todas as cores e padrões. Podem me dar todas que eu aceito!

Ufa, quanta informação! Foi divertido, espero que vocês acabem descobrindo algumas coisas legais através da minha wishlist. Quem sabe não entra na de vocês também? ;)

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:



03 • janeiro • 2014

Mousse de chocolate

No mesmo fim de semana que eu fiz aqueles cookies, eu também improvisei um mousse de chocolate para a sobremesa do almoço no aniversário do meu pai. Confesso que fiquei com um pouco de medo da receita, porque quando fui pesquisar na internet, achei umas tão diferentes que fiquei confuso e acabei decidindo misturar quatro delas e montar uma minha. Mas deu super certo, ficou muito bom e quero compartilhar com vocês. ;)

Ingredientes

Ingredientes mousse de chocolate

  • 4 ovos
  • 6 colheres (sopa) de açúcar refinado
  • 225g (em média) de chocolate meio amargo
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha
  • 1 caixa de creme de leite

Modo de preparo

1. Para facilitar, comece quebrando os ovos e separando as claras das gemas. Eu faço isso com as mãos mesmo, deixando a clara escorrer entre os dedos, enquanto seguro a gema. Sempre rola aquele risco de algum dar errado, então para garantir, vá fazendo de ovo em ovo em uma tigelinha separada, e depois transferindo as claras para a tigela da batedeira e as gemas para outro recipiente.

Gemas

2. Pique o chocolate em pedaços grosseiros para que ele derreta melhor. Na minha receita, usei 1 barra e 1/2 de 150g cada, o que deu 225g. A outra metade deixei para fazer as raspas da decoração e beliscar de vez em quando, claro. ;)

3. Derreta o chocolate em banho-maria. Para quem não sabe como se faz, basta encher uma panela com água, levar ao fogo e colocar a tigela com o chocolate por cima, mas sem encostar na água. O calor do vapor vai derreter tudo de forma mais uniforme e sem queimar.

Banho maria chocolate

Chocolate derretido

4. Desligue o fogo e junte as gemas (peneiradas, para não deixar aquele cheiro de ovo) e a baunilha. Misture bem, coloque o creme de leite e misture mais, até ficar homogêneo. Reserve.

Ganache

5. Na batedeira (ou à mão mesmo), bata as claras com o açúcar até ficarem bem firmes. Agora é só juntar o creme de chocolate às claras, misturando com um fouet ou espátula com bastante cuidado para não perder a leveza e as bolhas de ar que vão criar a textura do mousse.

Modo de preparo mousse de chocolate

6. Coloque o mousse em uma tigela bonita ou em taças individuais, decore com as raspas de chocolate e leve à geladeira por no mínimo 4 horas, para ficar mais durinho. :)

E pronto! Não lembro bem quanto a receita rendeu, porque no dia que comemos eu estava na correria arrumando malas para voltar para Juiz de Fora, mal pude aproveitar. Mas sei que pelo menos 5 pessoas comeram podendo repetir. ;)

Gostaram do post? É até bem fácil de fazer, então não me venham com desculpas. Se fizerem, me contem nos comentários e mandem registros! E como de costume, vejamos mais algumas fotos:

Raspas de chocolate

Barras de chocolate

Mousse de chocolate

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe: