13 • agosto • 2012

Enfim, o último post da série. Eu não sei se devia ter falado de distância focal antes, mas de qualquer forma, agora não tem mais volta, né? Ainda vou ver se tem mais alguma coisa básica para ser explicada. Se sim, eu monto um post novo ou atualizo outro que tenha relação, ok?

Vamo lá. A distância focal de uma lente é uma variável medida em mm (milímetros) tão importante quando a abertura de seu diafragma; ela basicamente define o quanto a câmera vai conseguir capturar de uma cena. Quanto menor o valor da distância focal, mais detalhes vão ser capturados no resultado final, e assim o contrário. Aí a gente esbarra um pouco com os tipos de lentes existentes. Ó só:

Uma lente básica e considerada “normal” é a 50mm, porque é a que mais se aproxima do ângulo de visão humano, logo, ela acaba sendo ótima para retratos, fotos de pessoas em geral, animais de estimação, objetos.

A lente grande-angular é a que tem um ângulo de visão maior do que o do olho humano, “pega” mais informações nas laterais e por isso acaba sendo perfeita para fotos de paisagens, arquitetura, etc. O problema desse tipo de lente é que ela distorce um pouco a cena, então evite fazer retratos com ela se não quiser um nariz e testa maiores do que o normal. É intenção? Manda ver!

Vale lembrar que nem toda grande-angular distorce tanto as imagens, a 35mm é um exemplo. Pra compensar, tem aquelas que distorcem e muito, como a famosa fisheye, considerada até uma super-angular por conta das capturas em 180º. Lentes 17 e 24mm são bons exemplos de grandes-angulares “normais”.

Agora as tele-objetivas, são as que têm ângulo de visão menor que o do olho humano, elas aproximam mais as cenas conseguindo capturar detalhes mais isolados. São ótimas para fotografar animais selvagens e até mesmo pessoas, quando precisam ficar muito distantes. Exemplos: lentes 70, 105, ou 200mm.

Quer entender tudo de uma vez por todas? Olha essa simulação:

Existem muitos modelos de lentes que vão de Xmm a Ymm, ou seja, não são fixas, não possuem apenas uma distância focal disponível; elas são as lentes do tipo zoom. Apesar de caras, são sempre muito versáteis para quem não quer ficar trocando de lente o tempo todo, principalmente quando você precisa pegar aquele momento ali, na correria.

Entenderam como funciona? Entenderam como tudo na série funciona? Gostaram dos posts? Pois é, eles terminam por aqui. Como prometi, vou montar com calma depois um arquivo PDF com todas as partes e disponibilizar para download, prometo que não vai demorar!

Já tenho uma nova série em mente, e dessa vez vai ter mais relação com fotografia analógica, que tal? ;)

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:


  1. Amanda
    13 de agosto de 2012 às 18:55

    ameei todos os psots!!! me ajudaram muito, e tou louca pra ter a versão PDF!! não demora ta??

    Responder

    • Gilmar Nunes
      12 de junho de 2014 às 00:53

      Rapaz, hoje, 12.06.2014, às 00:50h, dois de tanto buscar informações para entender o que seria Distância Focal, vc foi preciso e esclarecedor. Obrigado! Se poder acrescentar mais um pouco ficaria Excelente, mas as informações apresentadas me esclareceu bastante. Parabéns!!!

      Responder

  2. Lívia
    13 de agosto de 2012 às 18:57

    Ahhh! Finalmente, tava esperando esse post! Adorei as dicas, mal posso esperar pelo arquivo PDF. ^^
    Ah, só uma perguntinha: com tantas coisas para se regular antes de tirar uma foto, como as pessoas conseguem pegar aqueles momentos inesperados tão rápido (tipo um gatinho fazendo travessura)??? Acho meio difícil…

    Responder


    • 13 de agosto de 2012 às 20:38

      É principalmente prática, mas também ajuda deixar a câmera desligada configurada de uma forma geral, para dias claros por exemplo.

      Responder

  3. Mariane
    13 de agosto de 2012 às 19:26

    ansiosa pela serie das analógicas

    Responder

  4. Bruna
    13 de agosto de 2012 às 20:09

    A série da analógica vai ser massa! mal posso esperar ;3

    Responder

  5. Tarick Haziz
    13 de agosto de 2012 às 20:29

    Caramba! Adorei todas as dicas dessa série! \o/
    Parabéns!

    Responder

  6. Thalita
    13 de agosto de 2012 às 21:43

    Adorei Zé! O que mais gostei em todos os posts e principalmente nesse foram os exemplos visuais. Fica bem mais fácil entender com imagens comparativas do que só com explicações em texto!

    Responder

  7. Milena Fernandes
    13 de agosto de 2012 às 21:46

    Adorei essa série de posts. Esse foi o que eu mais gostei, era o que eu mais tinha curiosidade. Agora já posso dizer que entendo de fotografia sem medo de errar. Mal posso esperar pela série sobre analógicas!

    Responder


    • 13 de agosto de 2012 às 22:15

      Ai gente, fico tão feliz de ajudar vocês a entenderem essas coisas! IUAHSDUH *-*

      Responder

  8. Juliana
    14 de agosto de 2012 às 08:47

    Zé, parabéns pelo post …Muito bom msm!! e esses posts vão está disponíveis em PDF?

    Responder


    • 14 de agosto de 2012 às 16:35

      Vão sim, todos juntos!

      Responder

  9. Kássia
    14 de agosto de 2012 às 12:13

    Logo hj que eu estava procurando um post sobre distância focal, esse me aparece! ASUHUASH eu acompanhei todos os posts e tal
    mas ainda tenho uma dúvida… qual a diferença entre zoom e distância focal?
    sempre associo um ao outro e me confundo ;s
    beijos Zé ;)

    Responder


    • 14 de agosto de 2012 às 16:40

      A gente só fala zoom quando a lente da câmera possibilita ir de uma distância focal menor até uma maior (uma 55-200mm por exemplo). Uma lente fixa de 200mm por exemplo vai aproximar bastante a cena, tem uma distância focal maior, mas não quer dizer que seja zoom, justamente porque ela é fixa! Entendeu ou ficou confuso? IUASHDUAS

      Responder

  10. Vinicius Cirilo
    14 de agosto de 2012 às 23:50

    Nossa, eu amei os posts da série. Sério mesmo. Algumas coisas eu já sabia, mas quanto mais informações a gente tem, melhor. Parabéns. E estou super ansioso para a próxima série..

    Responder

  11. Douglas
    15 de agosto de 2012 às 13:02

    Fotografia analógica? PERFEITO!
    Não acho muitos sites que falam sobre isso, e eu quero me aperfeiçoar bem, haha
    Vamos lá Zé! ahahahaha

    Responder

  12. Jéssika Tavares
    16 de agosto de 2012 às 20:46

    Parabéns pela serie, acompanhei tudo e inclusive imprimi tudo pra estudar melhor. Você conseguiu explicar tudo de maneira simples, sem palavras difíceis e mimimi. Adorei e ja estou curiosa para ver a nova serie.

    Responder


    • 16 de agosto de 2012 às 21:06

      Obrigado, Jéssika, que legal você ter impresso! UIAHSUDHAS

      Responder

  13. etiicetera
    17 de agosto de 2012 às 15:15

    oi zé gosto muito do seu blog, se puder da uma olhada em nosso blog! Estamos começando uma serie sobre analogicas!
    http://etiicetera.wordpress.com/

    Responder

  14. Danilo
    18 de agosto de 2012 às 09:21

    Ola Zé tudo bem////estou com uma duvida cruel para iniciar no ramo fotografico e se puder responder no meu email ficaria feliz… adoro tirar fotos, sempre useis as compactas em viagens e tal e queria aprimorar no assunto, porem nao sei se compro uma semi ou uma profissional… sei que a profissional eu consigo trocar de lente futuramente quando me especializar melhor no assunto e as semi nao.. porem adoro o tal do zoom, que no ramo profissional nao costuma dizer e verifiquei que nocaso da nikon 3100 que me interessou tbm nao possui estabilizador de imagem. ela é feito pela lente entao?…e referente ao zoom dessas de 25 x 30 x em uma nikon 3100 com uma lente 18-55 possui algum tipo de zoom?..me interesei pela Nikon 3100 e pela 5100 porem esta ultima e muito caro..bom caso puder me passar uma dica em qual camera comprar ficaria super agradecido…. abracos

    Responder


    • 18 de agosto de 2012 às 17:19

      O zoom nas câmeras profissionais é feito com lentes zoom, como eu expliquei no post. A 18-55mm não aproxima muito, o ideal pra você seria uma que fosse até de 100 a 200mm. Mas realmente são caras, se você curte mesmo o zoom, pode investir nas semis, mas saiba que a qualidade não vai ser perfeita.

      Responder

  15. Lucas
    28 de agosto de 2012 às 12:50

    Quero muito a serie sobre as analogicas, uso camera lomograica, apesar de pretender comprar uma semiprofissional .. sempre gostei de fotos, mas to cada vez mais apaixonado na forma que pode se expressar com uma foto, com uma forma unica de fotografar. Muito obrigado mesmo pelas dicas;

    Responder

  16. Adriana Magalhães
    25 de novembro de 2012 às 21:53

    Professor Zé, obrigada!!!

    Tenho uma Nikon D5000 e hoje ainda não tive a oportunidade de fazer um curso para aprender a utilizá-la com propriedade. O que aprendi foi através da NET e nas tentativas e erros. Hoje aprendi muito com você.Seus ensinamentos são claros e de fácil compreensão. Realmente proveitoso.
    Parabéns pela iniciativa. Vc me parece muito competente no que faz e mais uma vez, obrigada!
    Abraços! Adriana

    Responder


    • 26 de novembro de 2012 às 09:48

      De nada, Adriana! Que bom que tenho ajudado! ^-^

      Responder

  17. Madame Pagu
    27 de novembro de 2012 às 13:40

    adorei tudo… mas cadê o PDF?….rs

    Responder

  18. Larissa Saori
    23 de janeiro de 2013 às 23:04

    muito bom todos os posts, ajudaram muito!
    e já fiquei animada com a série de analógicas, era o que eu estava procurando!

    Responder

  19. Gustavo Vieira
    26 de janeiro de 2013 às 15:10

    Nossa, muito legal o site, não conhecia antes! Adorei essa série sobre princípios básicos da fotografia. Ajudou a esclarecer algumas coisas que já sabia principalmente por fuçar na máquina e conversar com os outros, mas não tinha definido com tanta clareza!
    Tenho uma sugestão de post que me interessa bastante: como deixar nítido um plano da foto e o restante embaçado. Como nessas fotos, por exemplo:
    http://www.flickr.com/photos/beth19/4774225069/
    http://www.flickr.com/photos/23393878@N03/5678253553/in/photostream/
    http://www.flickr.com/photos/nghiemlong/5363915635/in/faves-zehphotos/
    http://www.flickr.com/photos/minato/5703148077/in/faves-zehphotos/
    http://www.flickr.com/photos/kirstinmckee/6902554242/

    Se já existe um post assim desculpa sugerir de novo! Ainda não tive tempo de ver todos aqui (mas com certeza vou, achei muito interessante o blog!)

    Parabéns e continue o bom trabalho!

    Responder


    • 26 de janeiro de 2013 às 16:17

      • Gustavo Vieira
        30 de janeiro de 2013 às 00:52

        Muito bons os posts! Bokeh é muito legal mesmo. Não é o principal em uma foto, só um pequeno detalhe, mas faz toda a diferença. É o conjunto desses detalhes que diferencia uma foto boa de uma foto excelente.
        Definitivamente vou fazer experimentos com o macro quando puder =)

        Tenho uma outra dúvida. O macro funciona mesmo quando o objeto que se deseja focar não está mais próximo da câmera? Ou é usada outra técnica nesse caso?
        Por exemplo, na foto abaixo o casal fica em foco e o soldado embaçado, apesar do soldado estar mais próximo da câmera.
        http://i.imgur.com/LIxrnS1.jpg

        Responder


        • 30 de janeiro de 2013 às 02:00

          Isso é questão de foco mesmo, macro é só quando os objetos estão BEM pertinho. Leia o post sobre abertura do diafragma. :)

          Responder

  20. Nathália
    18 de março de 2013 às 20:02

    Ajudou bastante,Zé! Agora só esperando o PDF!

    Responder

  21. Daniel
    23 de maio de 2013 às 19:05

    Cara, acabei de ler a série completa. Sou iniciante e gostei muito das explicações. Já li outros lugares e vi vídeos no youtube, mas você foi o que soube explicar com maior clareza as diferentes situações que podemos trabalhar com a luz e como funcionam os mecanismos. Muito obrigado pela ajuda. Outra coisa: cadê o PDF? heehe. Parabéns, passarei a acompanhar o seu blog.

    Responder

  22. Ana Clara
    22 de junho de 2013 às 20:03

    Sempre tive muito interesse em fotografia e tal, mas nunca tive a fé de parar pra entender porque a maioria dos posts que eu encontrava por aí eram muito técnicos e difíceis de entender. Mas com a tua explicação achei tudo mil vezes mais fácil! Valeu mesmo!
    PS: PDF, por favorrrrr!

    Responder

  23. Claudio Carvalho
    12 de julho de 2013 às 09:17

    Genial a simplicidade didática com que você explica. Agradeço por compartilhar o seu conhecimento. Fiz o curso no SENAC, mas continuei com dificuldade em entender a distância focal. Tenho uma Nikon D7000 e não sei ainda onde fica o botão do obturador.

    Responder


    • 13 de julho de 2013 às 18:09

      Que bom que tenho ajudado, Claudio! :)

      Responder

  24. madroga
    19 de julho de 2013 às 13:40

    vlw, dahora o post

    Responder

  25. Joana
    06 de agosto de 2013 às 18:41

    Olá Zé! Chamo-me Joana e sou Portuguesa. A razão para estar a deixar este comentário (para além de te querer dizer que só descobri o teu blog há umas horas atrás e já estou completamente obececada por ele hahaha) é para te agradecer (e dar os parabéns) por teres feito esta serie “fotografia do começo”. Está brilhante! Mas mesmo mesmo brilhante! As tuas explicações sao super fáceis de se compreender, têm uma linguagem super acessivel e tu explicas tudo tão bem, que eu, que há umas horas atrás não percebia nada de fotografia já me sinto uma “expert” ahaha. Tem piada, porque eu descobri o teu blog meramente por acaso, através do google (estava à procura de explicações sobre ISO, velocidades do obturador, etc), e já tinha visto em vários sites mas as explicações nao eram as melhores, e de repente apareceu o teu blog e pronto, estou em encantada! Muito obrigada por ajudares e explicares acerca destes conceitos básicos, tenho uma DSLR e já nao a usava há muito tempo, mas neste momento estou super entusiasmada para voltar a pegar nela e ir fotografar e por em práctica tudo o que explicas aqui! Muito obrigada, a serio! :) E muitos parabéns pelo teu excelente trabalho, acabaste de ganhar aqui mais uma seguidora! :)

    Responder


    • 06 de agosto de 2013 às 19:20

      Oi Joana! Nossa, fico muito feliz em ler comentários como o seu, é incrível saber que meu trabalho está ajudando as pessoas e ensinando fotografia de uma maneira fácil de entender. Eu é que agradeço! :)

      Responder

  26. Victor Nathan
    24 de agosto de 2013 às 21:06

    Boa noite, primeiramente parabéns pelo blog.

    Curto muito fotografia, portanto comecei estes dias a estudar sobre o assunto. Pretendo comprar um Nikon D3100, mas antes preciso estudar muito, pois é um investimento considerável e não sei se valerá a pena custo/beneficio, tenho facilidade pois curso engenharia e tive algumas matérias sobre óptica, sensoriamento remoto etc. A dúvida é a seguinte: na descrição do site a lente é 18-55 mm, isso seria uma faixa da distancia focal? O que significaria exatamente o 18 e o 55? Pois creio que cada lente tem uma distancia focal única, ou não? Att,

    Responder

  27. Daniel Pinheiro
    02 de novembro de 2013 às 22:34

    Muito bom essa série. Mas uma coisa que procurei e senti falta foi algum post relacionado aos Nokias Lumias (920, 1020, etc). Vi coleções de apps para iPhone e Android, mas faltou para os smartphones que “mandam” na fotografia. Tenho um 920 e se pudesse fazer um artigo explicando a funcionalidade do App Nokia Camera, eu agradeceria…

    Responder

  28. sandrinha
    28 de novembro de 2013 às 20:10

    voce é abençoado por dividir seus conhecimentos.Hoje em dia isso é tão raro…Continue assim voce acaba inspirando muitos a praticarem o que é bom. E saiba, lá na frente voce vai ganhar mais do que imagina.

    Responder

  29. ricardo
    26 de maio de 2014 às 20:42

    Uma câmera com abertura de diafragma 11, sensibilidade
    ajustada para ISO 100, e utilizando um flash com número guia
    (NG) 45, poderia afastar-se de sua cena em aproximadamente???

    Responder

  30. Antonio Magalhães
    30 de maio de 2014 às 11:07

    Zé, bom dia. Tudo bem? Gostei das explicações que vc tem feito, mas tenho algumas duvidas e gostaria que vc me explicasse como sana-las. Pra vc deve ser moleza. Vamos a elas: 1) já procurei saber de varias formas, mas as explicações dadas ainda não me satisfizeram – seguinte: qual é a distancia em metros que uma lente fixa de 200, 300mm alcança? – esse negocio da distancia focal, não resolve. Deve ter alguma forma de se transformar isso em metros. 2) como pesquisador na Amazônia viajo constantemente para a mata e claro gosto de fotografar animais e plantas. As vezes estão muito longe do ponto em que me encontro, mas creio que com uma boa lente creio que poderia fotografar. Assim, o que seria melhor uma fixa de 300 ou 400mm ou uma teleobjetiva de 80-400mm, por exemplo? Meu equipamento é uma Nikon D3100 e devo mudar para uma D7100 em breve. Desculpe a ignorância sobre o assunto, mas agradeço desde já a sua atenção.

    Responder

  31. gerson Batista
    05 de agosto de 2014 às 12:58

    Cara que forma simples e objetiva . Parabéns !

    Responder

  32. Carla
    12 de agosto de 2014 às 14:46

    adorei, bem explicadinho!

    Responder


Deixe um comentário!


Comentário:
Para ter sua foto no avatar dos comentários, siga essa tutorial.