07 • março • 2013
Spinning Pieces

Spinning Pieces

Há uns seis meses eu tomei a decisão de não me justificar por pequenos períodos de ausência no blog (5 dias, por exemplo). É uma questão de realismo: no meu caso, a necessidade de um foco maior nos trabalhos com web design ou uma simples desmotivação podem ser a causa, e ambos acontecem numa certa frequência por aqui. Além disso, a pressão dos posts diários também não funciona comigo (aliás, nenhum tipo de pressão). Gosto de trabalho bem feito, textos e imagens sincronizados com perfeição.

Mas indo direto ao assunto, o blog não está lá muito atualizado desde o início de fevereiro, perceberam? Pois é. Em 2013, um dos meus objetivos está sendo cuidar mais da minha saúde e do meu bem estar. Acordar, vir direto para o notebook e ir dormir às 3 da manhã definitivamente não estava colaborando muito nesses aspectos. Acho que eu nunca tinha ficado tanto tempo enfurnado nesse quarto, sem ver a luz do sol direito, sem esse ventilador na minha cara, sem amigos, a não ser os virtuais. Os reflexos já começaram: coluna, visão, solidão.

Decidi que é hora de me preparar para a avalanche de responsabilidades que virão novamente com a faculdade e simplificar minha vida. Essa é a palavra. Reduzir o estresse, o acúmulo, deixar as coisas mais naturais, entendem meu ponto? O Zé que arrisca alguma coisa no web design deixou de se responsabilizar pela etapa de programação. O Zé blogueiro vai escrever sempre que tiver vontade e sobre o que realmente lhe inspira; isso inclui assuntos que talvez nem tenham tanto a ver com o âmbito das artes, talvez uma receita de um bolo de chocolate muito do bom?

Quando eu agradeci as 10 mil curtidas no Facebook (obrigado, de novo!), eu escrevi sobre os problemas que aparecem o tempo todo para fazer a gente desistir de tudo. Pelos motivos desse post, é claro que passou pela minha cabeça simplificar tanto que deixaria o blog de lado, mas não vou ser tão radical. Vamos ir testando as possibilidades, né? A vida tem dessas. :)

Tenho 21 anos, sou de Cataguases (Minas) e trabalho como web designer, sempre mantendo e praticando minha paixão pela fotografia nas horas vagas.
Compartilhe:


  1. Sandra Costa
    07 de março de 2013 às 13:03

    Eu super concordo com você e lhe apoio na sua decisão. Eu tinha um blog antes do meu atual, e investi muito esforço na divulgação, escrevia 3 a 4 posts por dia e, mesmo utilizando os recursos de automatização das diversas redes, via que não estava “rolando”. Muito cansaço, pressão, um lack de criatividade, posto que aprendi que pressão e criatividade são meio que inversamente proporcionais (ou não, pois vejo muito pai de família aí que usa a criatividade na vida para sustentar a família – o que não é o meu caso, ainda bem), mas acho que jeitinho brasileiro não significa “fazer bem feito”. No meu atual blog, decidi por deixar as coisas mais naturais, não forçar a barra, investir muito em pesquisa antes de postar e ter mais espaço na minha vida para monitorar o que eu faço. Hoje, sou bem mais feliz. E posso conciliar tudo isso com meus freelas, meus estudos, leituras, cinema etc. Te entendo e digo: vá ser feliz, menino!
    xox

    http://blogdasandracosta.blogspot.com

    Responder


    • 08 de março de 2013 às 21:43

      Nossa, me identifiquei muito Sandra. É isso aí, bora ser feliz!

      Responder

  2. Lucas
    07 de março de 2013 às 13:28

    Super apoiado, Zé!
    Apesar de fazer falta os posts quase-diários, sei que todo mundo prefere ver posts interessantes, mesmo que isso demore um pouco mais. Além disso, faculdade realmente toma todo nosso tempo, mas vejamos pelo lado bom, tudo o que você aprender por lá vai acabar refletindo aqui pra gente, então tenho certeza que todos os leitores do MA estão de acordo com essa decisão!

    Responder


    • 08 de março de 2013 às 21:44

      Eu também acho que na faculdade eu vou me sentir até muito inspirado, afinal eu vou estar estudando e lidando sempre com os assuntos do blog! ^-^

      Responder

  3. Zilah
    07 de março de 2013 às 13:31

    Identificação total :)

    Responder

  4. Will
    07 de março de 2013 às 14:33

    Oi Zé! Suas prioridades são parecidas com as minhas! Apesar de que deixar o computador totalmente é difícil para nós que estudamos design, né? :c
    Acho que isso o que realmente importa! Escrever sobre o que realmente gosta para poder equilibrar as outras coisas da vida. Sou assim com meu blog c:
    Enfim, espero que consiga simplificar seus afazeres e melhor a saúde!
    Abraço!

    Responder

  5. @abismodecores
    07 de março de 2013 às 15:30

    Lindo! (=

    Eu confesso que estou quase para fazer o mesmo!

    Responder

  6. Alessandra Saraiva
    07 de março de 2013 às 16:59

    Ok.
    Tb não sou de trabalhar na pressão! Até faço, mas se é algo pessoal e que é pra dar prazer, não rola!
    Mas então… vamos sentir sua falta e esperar ansiosamente por cada post! *-*

    Responder

  7. Jessica
    07 de março de 2013 às 17:07

    Eu estava assim tb ha um tempo atras. Resolvi me ‘desgrudar’ do computador. Cuidar mais da minha visao (que ja começou a ficar prejudicada) e uma dor no ombro e punho (ja querendo virar tendinite). Cuidar da saude é mais do que necessário e mesmo com alguma ausencia sua no blog, eu nao deixarei de ser fa do Melhor Angulo!
    Boa sorte, Zé :)

    Responder


    • 08 de março de 2013 às 21:45

      Awn Jessica, obrigado pelo apoio!

      Responder

  8. Adrielly
    08 de março de 2013 às 00:34

    Exatamente! Por um tempo também tentei manter as postagens diárias no meu blog, mas não durou nem 2 semanas! haha Acho que blog é isso aí, quanto mais descompromissado for, mais verdadeiro será o post, e consequentemente, o retorno. Quando o blog vira obrigação perde a graça! :)
    E essa coisa de deixar de intermediar a programação foi a melhor decisão que fiz na minha vida!

    Responder


    • 08 de março de 2013 às 21:52

      Com certeza, o leitor já vem sabendo que todos os posts tiveram um fundo de verdade e empolgação para escrever, selecionar imagens… O tipo de blog que eu gosto/gostaria de ler. Sobre a programação, como comecei a nova prática agora, ainda não sei o que esperar, mas imagino que uma boa carga de estresse se vai!

      Responder

  9. Arthur Marques
    08 de março de 2013 às 09:01

    Não desista ):, primeiro faça o que tenha que fazer. Saúde em primeiro lugar e faça disso aqui um hobby. Abçs

    Responder

  10. Thaís
    10 de março de 2013 às 09:10

    Super apoio ;)
    Cuidar do bem-estar, da saúde e da convivência com amigos é muito importante. Você não deve nada a ninguém, poste quando quiser e seja feliz!
    Tenho o seu blog na minha barra de favoritos, e ele nunca vai sair de lá, pois mesmo sem ser muito atualizado, vou fuçá-lo inteirinho, desde o primeiro post.
    Seu jeito de escrever e fotografar me aconchega, impressionante.
    Boa sorte, Zé!

    Responder

  11. Francisco Leitte
    10 de março de 2013 às 21:51

    Já passei por isso e só tenho a dizer uma coisa: a vida virtual é muito boa, mas a vida real é maravilhosa!
    Nada dá certo quando se está forçando a barra, zé. Mesmo que a frequência de posts diminua, a gente vai continuar aqui… ninguém aqui vai sair correndo! Viva e aproveite do bem mais precioso do mundo, o tempo!
    Abs.

    Responder


    • 13 de março de 2013 às 10:34

      Obrigado pelo apoio, Neto!

      Responder

  12. Lucas Martins
    26 de março de 2013 às 01:46

    Zéeee não nos abandone por favor!!
    T.T

    Responder


Deixe um comentário!


Comentário:
Para ter sua foto no avatar dos comentários, siga essa tutorial.