Categoria: Receitas - Melhor Ângulo

Peanut butter banana sandwich Melhor Ângulo

Há algumas semanas, bem naquela época da febre da Paçoquita Cremosa nas timelines do Brasil inteiro, eu encontrei uma bem tímida, escondidinha no mercado aqui perto de casa e resolvi testar em alguma receita simples, depois de me gabar com a galera toda que procurava nos maiores mercados da cidade e não achavam, é claro. Se vocês querem minha opinião, meus amigos, eu dou: o negócio é mesmo uma delícia, e nada define melhor a novidade do que o óbvio “é uma versão cremosa da Paçoquita”, porque é isso aí gente, é o mesmo gosto, só que de passar no pão! Hahaha. O problema é que ô bicho caro! Nem lembro mais, mas se eu não me engano um potinho humilde de 180g saiu a quase 10 dilmas! Nessas horas a Nutella ali na prateleira ao lado parece valer mais o custo-benefício, né? Mas enfim.

Peanut butter banana sandwich Melhor Ângulo

Já havia um tempo que eu namorava fotos no Pinterest de cafés da manhã com esses sanduíches que eles fazem muito lá pela gringa. O nome é peanut butter banana sandwich e nada mais é do que (olha eu dando uma de Google Tradutor) um sanduíche de banana com manteiga de amendoim. Prêmio de mais previsível pro Zé, por favor. Não tem mistério nenhum pra fazer, na verdade esse post é meio que uma desculpa pra essas fotos, mas vamo lá:

Ingredientes

Peanut butter banana sandwich Melhor Ângulo

  • Pão de forma de sua preferência
  • Bananas picadas em rodelas
  • Manteiga de amendoim ou Paçoquita Cremosa
  • Manteiga ou margarina para o pão e para untar a frigideira
  • Pedaços de chocolate ao leite (opcional)

Modo de preparo

1. Passe a manteiga de amendoim ou a Paçoquita Cremosa com generosidade dos dois lados do sanduíche.

2. Corte as bananas em rodelas e faça uma camada em um dos pães, preenchendo todo o espaço. Não acomode as bananas umas sobre as outras para não desmoronar quando for ao fogo.

3. Se for o seu caso, essa é a hora de colocar alguns pedaços de chocolate ao leite por cima das bananas, antes de fechar o pão.

Peanut butter banana sandwich Melhor Ângulo

4. Feche o sanduíche, passe manteiga ou margarina dos dois lados e leve a uma frigideira (de preferência antiaderente) untada, em fogo baixo. Com a ajuda de uma espátula, pressione o pão, de forma que ele entre bastante em contato com a frigideira, e vire de vez em quando para dourar dos dois lados. Muito cuidado ao virar, porque é essa a hora que a vida escolhe pra derrubar todas as bananas e acabar com sua receita. ;)

Peanut butter banana sandwich Melhor Ângulo

5. E é isso! Essa é uma boa opção pra quando você precisa de um café da manhã com bastante “sustança”, bem gordinho, pra começar o dia com o pé direito! Fiquem com mais algumas fotos, da versão sem chocolate, e com. Se fizer depois me conta lá nos comentários!

Continue Lendo

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Frappuccino de chocolate

Em 2014 meu gosto por café mudou. Se antes eu não era muito fã, depois de conhecer melhor as muitas variações e misturas que podem ser feitas eu passei a me interessar muito pelo assunto, a ponto de tentar eu mesmo fazer os meus próprios cafés. Usando a Starbucks como referência (já que a é a cafeteria mais conhecida), testei pelo menos três receitas encontradas na internet do frappuccino de chocolate servido lá, e acho que cheguei numa versão bacana pra compartilhar com vocês.

Ingredientes

Ingredientes frappuccino de chocolate

  • 250 ml de leite
  • 150 ml de café forte sem açúcar (aqui eu usei 3 colheres (chá) de café solúvel na água)
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 colher (chá) de chocolate em pó
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 2 colheres (sopa) cheias de calda de chocolate
  • 10 cubos de gelo
  • 3 colheres (sopa) cheias de sorvete de creme ou baunilha
  • chantilly à gosto

Modo de preparo

1. Coloque todos os ingredientes menos o sorvete e o chantilly no liquidificador. Bata por cerca de 40 segundos ou até não ouvir mais nenhum “estalo” dos cubos de gelo se quebrando.

2. Adicione as 3 colheres (generosas, por favor) de sorvete e bata mais uma vez, mas dessa vez bem rapidinho, pra não dissolver todo o sorvete. A ideia aqui é que ele ajude o gelo a deixar o café mais consistente e menos líquido. Se você tiver um mixer, essa é a hora de usá-lo, porque ele não deixa o sorvete perder tanto da textura.

3. Agora é só colocar em um copo bem bonito, decorar com chantilly, calda e beber com um canudo. :)

Nas receitas que eu encontrei pela internet uma das dicas que sempre aparece é a de congelar o café (puro) numa forminha de gelo, assim você não precisa usar os cubos normais. Isso porque quanto menos água na receita melhor, pra deixar o frappuccino mais cremoso. Essa questão da água é inclusive a razão do uso do sorvete: originalmente eu teria que usar o dobro de gelo, mas pra evitar aqueles cristais chatos, eu fiz a substituição. Caso você não tenha sorvete em casa, pode fazer isso, usar mais gelo. Se quiser substituir também o chocolate em pó pelo achocolatado, é só diminuir o açúcar da receita. E a essência de baunilha é opcional, mas não é indiferente.

Eu fiz um vídeo do momento onde eu coloco o café no copo e cubro com chantilly e calda, e a ideia era fazer alguns gifs pra colocar no post. Mas meu computador não colaborou e ficou travando o tempo todo. Outra hora eu tento de novo e faço o update. Agora olha só como ficou:

Frappuccino de chocolate

Frappuccino de chocolate

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Mousse de chocolate

No mesmo fim de semana que eu fiz aqueles cookies, eu também improvisei um mousse de chocolate para a sobremesa do almoço no aniversário do meu pai. Confesso que fiquei com um pouco de medo da receita, porque quando fui pesquisar na internet, achei umas tão diferentes que fiquei confuso e acabei decidindo misturar quatro delas e montar uma minha. Mas deu super certo, ficou muito bom e quero compartilhar com vocês. ;)

Ingredientes

Ingredientes mousse de chocolate

  • 4 ovos
  • 6 colheres (sopa) de açúcar refinado
  • 225g (em média) de chocolate meio amargo
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha
  • 1 caixa de creme de leite

Modo de preparo

1. Para facilitar, comece quebrando os ovos e separando as claras das gemas. Eu faço isso com as mãos mesmo, deixando a clara escorrer entre os dedos, enquanto seguro a gema. Sempre rola aquele risco de algum dar errado, então para garantir, vá fazendo de ovo em ovo em uma tigelinha separada, e depois transferindo as claras para a tigela da batedeira e as gemas para outro recipiente.

Gemas

2. Pique o chocolate em pedaços grosseiros para que ele derreta melhor. Na minha receita, usei 1 barra e 1/2 de 150g cada, o que deu 225g. A outra metade deixei para fazer as raspas da decoração e beliscar de vez em quando, claro. ;)

3. Derreta o chocolate em banho-maria. Para quem não sabe como se faz, basta encher uma panela com água, levar ao fogo e colocar a tigela com o chocolate por cima, mas sem encostar na água. O calor do vapor vai derreter tudo de forma mais uniforme e sem queimar.

Banho maria chocolate

Chocolate derretido

4. Desligue o fogo e junte as gemas (peneiradas, para não deixar aquele cheiro de ovo) e a baunilha. Misture bem, coloque o creme de leite e misture mais, até ficar homogêneo. Reserve.

Ganache

5. Na batedeira (ou à mão mesmo), bata as claras com o açúcar até ficarem bem firmes. Agora é só juntar o creme de chocolate às claras, misturando com um fouet ou espátula com bastante cuidado para não perder a leveza e as bolhas de ar que vão criar a textura do mousse.

Modo de preparo mousse de chocolate

6. Coloque o mousse em uma tigela bonita ou em taças individuais, decore com as raspas de chocolate e leve à geladeira por no mínimo 4 horas, para ficar mais durinho. :)

E pronto! Não lembro bem quanto a receita rendeu, porque no dia que comemos eu estava na correria arrumando malas para voltar para Juiz de Fora, mal pude aproveitar. Mas sei que pelo menos 5 pessoas comeram podendo repetir. ;)

Gostaram do post? É até bem fácil de fazer, então não me venham com desculpas. Se fizerem, me contem nos comentários e mandem registros! E como de costume, vejamos mais algumas fotos:

Raspas de chocolate

Barras de chocolate

Mousse de chocolate

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Cookies

Final de semana retrasado eu fui pra Cataguases comemorar o aniversário do meu pai, e já no clima de dezembro e fim de ano, fiquei animado a bater ponto na cozinha e fazer coisas gostosas! A última vez que eu postei uma receita aqui no blog foi quando eu fiz cookies pela primeira vez na vida, e modéstia à parte, deu muito certo, de primeira! Depois da ocasião já fiz mais 2 vezes, e aproveitei minha pseudo-experiência para apresentar os biscoitinhos americanos aos meus pais feat. irmã feat. sobrinha. :)

Mais uma vez usei uma receita do Gastronomismo como referência (essa de chocolate chip cookies bem tradicional), com algumas pequenas alterações e o fato de eu ter dobrado os ingredientes. Ficou assim:

Ingredientes

Ingredientes cookies

Gotas de chocolate

Ingredientes cookies

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1/2 colher (chá) de fermento em pó
  • 2 pitadas de sal
  • 200 gramas de manteiga sem sal (não vale margarina) em temperatura ambiente
  • 1 xícara de açúcar refinado
  • 1 xícara de açúcar mascavo
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha
  • 2 ovos
  • gotas de chocolate à gosto

Modo de preparo

1. Preaqueça o forno a 200°.

2. Separe uma forma (de preferência retangular) e corte várias folhas de papel manteiga, que preencham todo o espaço da forma, para já ficar tudo pronto e mais fácil na hora de assar os cookies.

3. Numa tigela, peneire a farinha, o fermento, o bicarbonado e as pitadas de sal. Reserve.

Farinha, fermento e sal

4. Na batedeira (pode ser à mão também), bata a manteiga com os dois açúcares até ficar uma mistura fofinha e clara (quanto melhor você bater, mais clarinha a massa vai ficando).

5. Junte os ovos, a essência de baunilha e bata novamente até ficar bem homogêneo.

6. Na velocidade baixa da batedeira (para não voar farinha pra todo lado), adicione aos poucos a mistura dos secos na massa, até ela chegar numa textura consistente e bonita como nas fotos abaixo:

Massa de cookies

Massa de cookies

7. Uma das partes mais divertidas: a hora das gotas de chocolate. A quantidade aqui vai do seu gosto, mas não coloque de menos pra não ficar sem graça, nem coloque demais, porque quando o chocolate derreter no forno, a textura do cookie pode ficar comprometida (mais mole do que o ideal). Importante: nada de batedeira nessa etapa, ok? Misture as gotas na massa rapidamente com uma espátula, só pra dar aquela incorporada mesmo. :)

Massa de cookies

Massa de cookies

8. Coloque uma das folhas de papel manteiga na forma e com a ajuda de duas colheres de chá vá fazendo pequenos montinhos de massa, com uma certa distância uma das outras, afinal o cookie ainda vai crescer e se esparramar no forno. Coloque ainda mais algumas gotas de chocolate por cima, pra ficar bem bonitinho quando pronto.

Cookies antes de assar

9. Leve ao forno (a 200° mesmo) por cerca de 12 minutos. Eu contei esse tempo exato no temporizador do celular, e pelo menos por aqui deu tudo certo. :)

Cookies no forno

Cookies no forno

10. Enquanto uma fornada assa, vá acomodando mais montinhos de massa em outra folha de papel manteiga. Quando ficarem prontos, tire a forma do forno, deixe o papel com os cookies assados em uma superfície fria, coloque a nova folha com massa e mande para o forno de novo. Não se esqueça de deixar os cookies esfriando por pelo menos 5 minutos antes de tirá-los do papel manteiga, e faça isso com a ajuda de uma faquinha de pão, para que eles não se quebrem todos.

Cookies

E pronto! Vale lembrar que essa receita rendeu 40 cookies, mais precisamente 5 fornadas com 8 cookies cada. Ficaram muito, muito lindos, e fizeram o maior sucesso lá em casa! Se vocês fizerem, quero fotos e relatos nos comentários, viu? Para terminar, mais fotos, porque elas nunca são demais. ;)

Cookie

Cookies

Segurando um cookie

Cookies

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+