Categoria: Ilustração - Melhor Ângulo

Uma curiosidade sobre mim como designer: eu adoro ícones, chego a ter um painel no Pinterest só pra eles. Especificamente, eu gosto muito de ícones baseados em linhas, vazados.

Daí que o premiado designer inglês James Oconnell resolveu criar ilustrações cheias de cor e padronagens (poás e pontilhados) utilizando justamente essa estética linear dos ícones que eu adoro. O resultado é uma mistura do traço livre dos desenhos com as proporções mais bem calculadas do design e os personagens da cultura pop. Ou seja, pauta perfeita pro blog. ;)

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

James Cconnell Colour and Lines

Quem conhece meu trabalho mais de perto sabe que eu sou o louco dos detalhes quando crio meus sites e blogs, então imagina se eu não fiquei um tempão observando cada xizinho, bolinha e tom de amarelo nessas imagens? Ah, mas fiquei sim.

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Estamos todos sozinhos. Esse é o ponto de partida que o ilustrador Belhoula Amir escolheu para uma série de ilustrações delicadas e significativas chamada “Alone”. Vi as imagens ouvindo Lana del Rey, então dá pra imaginar a reflexão que isso gerou, né?

Se você já parou pra pensar nisso, com certeza percebeu que nós realmente estamos sozinhos nesse mundo. Mesmo amando e sendo amados, tendo amigos, família, namorados e namoradas, esposas e maridos, cachorros e gatos, no fim ninguém vai embora com a gente. Ser ou estar sozinho não é necessariamente ruim, a gente precisa sim de um tempo, de se curtir, se amar. Fico me perguntando se Belhoula quis instigar um insight nas pessoas: você se dá o valor que merece? Você cuida de você como se fosse a única pessoa no mundo?

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Alone, por Belhoula Amir

Se você também se apaixonou pela estética poética do ilustrador, vem ver também essa série derivada onde dá pra perceber que os heróis também estão sozinhos! É só clicar na imagem abaixo:

A Lonely God

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Jen Collins é uma ilustradora freelancer residente em Toronto, no Canadá, que gosta de desenhar pessoas (reais ou personagens), ambientes externos e internos, e as coisas mais simples do cotidiano, não importa o quão insignificantes elas podem ser. Tenho ela adicionada no Flickr desde sei lá quando, e desde então nunca deixei de segui-la nas redes sociais, porque sempre que eu vejo um de seus desenhos, sinto uma sensação boa, uma leveza, não sei explicar.

Talvez isso aconteça porque o traço de Jen é simples, hachurado propositalmente, como se ela tivesse pego um pedaço de papel qualquer e transformado em uma ilustração bonitinha. As cores sempre com um toque de pastel são um charme à parte! Melhor parar de ler ver do eu tô falando, né? :)

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

E não é que ela também fotografa? Seguindo a mesma linha do cotidiano, Jen também posta suas fotos digitais e analógicas lá no Flickr, então vale dar uma olhada!

Jen Collins

Jen Collins

Jen Collins

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

Há quanto tempo eu não parava para falar sobre o trabalho de um ilustrador? Milênios, parece. Eu tenho muitos portfólios lindos guardados nos meus favoritos, mas eu tinha uma opinião de que posts desse tipo só enchiam linguiça, e acabava deixando todo esse material de lado. O que importa é: vocês gostam? Me contem nos comentários. ;)

Recentemente eu mudei a proposta da categoria Inspiração; ela passou a se chamar Referências, e nela vou arquivar posts que focam no trabalho de designers, fotógrafos e ilustradores específicos. A escolha da vez foi o alemão Jamie Aspinall, mais conhecido como Schnuppe. Os desenhos dele são cheios de cores e voltados quase sempre para o público infantil. Inclusive, pelo que eu consegui traduzir lá no site, ele já cuidou das ilustrações de pelo menos dois livros do tipo. Algumas das que eu mais gostei:

Farm car by Schnuppe

Child room by Schnuppe

Animals illustration by Schnuppe

Avião by Schnuppe

Monsters by Schnuppe

Barco by Schnuppe

Eat by Schnuppe

Flickr by Schnuppe

Pattern by Schnuppe

Vitagate by Schnuppe

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+