Os melhores pôsteres de 2011

Foto: Pink Sherbet

Olha só, acabamos de abrir as portas para um ano novo e eu estou aqui remoendo as migalhas do ano passado. Bem, não é exatamente isso. É que o ano de 2011 foi definitivamente uma época de tombos, tropeços e acertos pro mundo cinematográfico. Filmes excelentes, sim. Outros nem tanto. Apesar de tudo, os lançamentos do ano passado merecem ser relembrados. Mas, de qualquer forma, não é inteiramente isso que entra em questão agora.

Como um filme seria bem sucedido se não pegasse pesado em sua divulgação? Comumente, os pôsteres são o meio mais fácil e comum de propaganda para filmes. Abusar na inteligência, na criatividade e na audácia na hora de criar um pôster pode ser o diferencial que levaria uma pessoa ao cinema ou não.

Considerando o ano de 2011, nossa atenção foi atraída pelas mais diversas temáticas atribuídas às imagens de divulgação nos cinemas. Algumas abundantemente coloridas e divertidas como a de Carnage; outras um tanto perturbadoras e frias como as de Cisne Negro e Os Homens Que Não Amavam As Mulheres; ou ainda bastante adoráveis como a de Rango.

Enquanto isso, exalando criatividade, o pôster de Meia-Noite Em Paris é bastante eficiente por conseguir passar a ideia da trama principal através da imagem, assim como no caso de Jovens Adultos, mas que, ao contrário do filme de Woody Allen, é mais eficaz nesse quesito por sua frase de impacto, “Todos envelhecem. Nem todos crescem.”. Outros ainda nos atraem pela inteligência e engenhosidade, como o pôster de O Espião Que Sabia Demais com suas palavras camufladas entre os números da montagemMas, na verdade, os atributos que interessam tecnicamente são a eficiência e criatividade; claro, já que não desejamos ir assistir a um filme extremamente macabro enquanto seu pôster é só corações coloridos ou quando o filme é retratado no papel por uma montagem vergonhosa e mal feita.

Contudo, assim como em quase tudo que faz parte da cultura pop, o apelo das imagens quase sempre está em sincronia com as nossas emoções e preferências e a análise técnica e subjetiva são mais comumente deixadas de lado para que possamos aproveitar melhor o momento.

Confira as imagens abaixo, selecionadas pelo Melhor Ângulo como Os Melhores Pôsteres de 2011 (estamos atrasados com retrospectivas do tipo, sabemos), e descubra se são tão interessantes para vocês como são para gente.

Já deixo claro que a ordem não representa preferência! E, também, que alguns filmes apresentados abaixo ainda não foram lançados nos cinemas brasileiros e que outros foram lançados nos EUA ainda em 2010.

O ESPIÃO QUE SABIA DEMAIS (Tinker Tailor Soldier Spy)

O Espião Que Sabia Demais

CISNE NEGRO (Black Swan)

Cisne Negro

A ÁRVORE DA VIDA (The Tree Of Life)

A Árvore da Vida

A GAROTA DA CAPA VERMELHA (Red Riding Hood)

A Garota da Capa Vermelha

CARNAGE (Carnage – título ainda indefinido no Brasil)

Carnage

A INVENÇÃO DE HUGO CABRET (Hugo)

Hugo

J EDGAR (J. Edgar)

J Edgar

JOVENS ADULTOS (Young Adult)

Jovens Adultos

MELANCOLIA (Melancholia)

Melancholia

OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES ( The Girl With The Dragon Tattoo)

Os Homens Que Não Amava As Mulheres

RANGO (Rango)

Rango

SUPER 8 (Super 8)

Super 8

TYRANOSSAUR (Tyranossaur – título ainda indefinido no Brasil)

Tyranossaur

UM DIA (One Day)

Um Dia

O ARTISTA (The Artist)

The Artist

E aí, concorda que são os melhores? Quais são seus favoritos?

Compartilhe:
Facebook Twitter Pinterest Google+

  1. Luciana Baudracco
    16 de janeiro de 2012 às 18:52

    Meus preferidos são “O Espião Que Sabia Demais”, “One Day”, Red Riding Hood e Hugo!! Lindos demais!


  2. Ana Letícia
    16 de janeiro de 2012 às 19:02

    Excelente. Adorei o post e concordo com a maioria dos pôsteres escolhidos e com o que foi dito. Meus pôsteres preferidos são os de Black Swan e One Day.
    Parabéns, site e posts excelentes :D


  3. Raone Araujo
    16 de janeiro de 2012 às 19:20

    Concordo, em tese. Acho que faltou o pôster de “Harry Potter and the Deathly Hallows: Part 2” que poderia ser facilmente substituído por “The Artist”. E também, mesmo admirando o trabalho da Anne Hathaway e do Jim Sturgess, acho que “One Day” além de ter uma capa simples e clichê, diria que o enredo do filme foi muito superficial se comparado ao livro de David Nicholls. O que salvou o filme, foi sem dúvida alguma, a Trilha Sonora Score da minha musa Rachel Portman <3
    No quesito criatividade e originalidade diria que "Tyranossaur" superou minhas expectativas. Adorei o pôster :3


  4. Fran.
    16 de janeiro de 2012 às 19:37

    Com toda certeza esses pôsteres foram perfeitos! O que mais me chamou atenção foi o de Jovens Adultos :b


  5. Ree Magnoni
    16 de janeiro de 2012 às 19:53

    Amei as capas. Confesso que a que mais me chamaram atenção foram de: One Day,A Invenção de Hugo Cabret e eu fiquei super curiosa para assistir A árvore da Vida, que parece ser muito emocionante, somente pelo poster!
    Eu não achei muita graça na do Cisne Negro, como o filme também não me chamou MUITA atenção. Vai entender, não é?
    Belo post, adorei!


  6. bel sebas
    16 de janeiro de 2012 às 21:32

    O que dispertou minha atenção não foi a imagem em si, mas sim o titulo dos filmes. Mas… voltando para as imagens preferi “Tyranossaur” que foi mais criativo e original.(OBS: se eu escolhece um titulo seria “A árvore da vida”.)


  7. Felipe Souza
    19 de janeiro de 2012 às 12:19

    Minhas preferidas foram “The tree of life”, com fotografia simples, mas bem sugestiva ao titulo, e “One day” que ficou bem espontânea.